Sorteios Europeus: Entre o Sonho e a Obrigação

Por Pedro Machado Abril 21, 2017, em Liga dos Campeões

Sorteios Europeus: Entre o Sonho e a Obrigação

Cabeçalho Futebol Internacional

O sonho começa a ganhar contornos de realidade para grande parte das equipas que chegam às meias-finais de uma competição europeia. Estão cada vez mais perto de ganhar um lugar numa final europeia que as catapultará para a memória eterna.

Nem todas, terão uma perspectiva tão fantasista. Perante o contexto competitivo que lhes apresenta, atingir a final pode não ser um sonho, mas uma obrigação. Manchester United e Real Madrid. Por razões diferentes, encaram, respetivamente, a vitória na Liga Europa e a Liga dos Campeões como um objetivo.

O Manchester United quer, precisa, de voltar a disputar a Champions e uma das principais vias da acesso é a Liga Europa, pelo que não a poderá descurar caso não consiga o apuramento via campeonato. Para além disto, depara-se com um conjunto de concorrentes que não lhe pode estorvar o objectivo. Calhou, em sorte, o Celta (primeira mão nos Balaídos), porventura o adversário mais complicado, mas fosse quem fosse, vencer seria sempre mandatório para os orientados por José Mourinho.

Sorteio das meias-finais da Liga Europa Fonte: UEFA

Sorteio das meias-finais da Liga Europa
Fonte: UEFA

 

O Real, como é normal, quer a 12ª Liga dos Campeões (e, claro está, vencê-la pela 2ª vez consecutiva, algo que não acontece há 26 anos). A via de acesso já estava desobstruída com a saída de Bayern e Barcelona da competição. Hoje, ficou ainda mais – o Atlético de Madrid, que não é o mesmo que disputou 2 das 3 últimas finais da competições com o próprio Real, calhou em sorte (primeira mão no Bernabéu), e a final passou a ser quase que uma obrigação.

Caso supere a reedição da final do ano passado, o Real vai apanhar o vencedor do Monaco-Juventus (primeira mão no Principado) no derradeiro jogo deste ano. A Juve revelou-se impenetrável defensivamente diante de Barcelona e FC Porto, o Mónaco tem sido capaz de se superar sucessivamente diante equipas como o City, o Dortmund ou o PSG (em França), pelo que reina, e ainda bem, a incerteza num duelo que nos, portugueses, esperemos ver cair para o lado dos “nossos” Leonardo Jardim, Bernardo Silva e João Moutinho.

O outro jogo sorteado esta manhã, em Nyon, vai opôr Ajax e Lyon (primeira mão na Holanda) nas meias-finais da Liga Europa. Os holandeses procuram regressar à glória que deixaram esquecida em 1995, data da última conquista europeia. Os franceses (mesmo sem acesso às competições europeias do próximo ano) querem a primeira final da sua história. Nenhum deles pode encarar o jogo com um carácter de obrigatoriedade pelo que, dos dois lados, o sonho comanda.

Foto de capa: UEFA

 

pedro-machado

Pedro Machado

Enquanto a França se sagrava campeã do mundo de futebol em casa, o pequeno Pedro já devorava as letras dos jornais desportivos nacionais, começando a nascer dentro dele duas paixões, o futebol e a escrita, que ainda não cessaram de crescer.                                                                                                                                                 O Pedro não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Comentários

Por Pedro Machado Abril 21, 2017, em Liga dos Campeões

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

23/10/2017

Eduardo Nunes

Redator

Miguel Oliveira

É impossível não destacar o feito do piloto da KTM, que se estreou a vencer neste fim-de-semana em Moto 2, no GP Austrália.

Manchester United FC

O clube orientado por José Mourinho fez um jogo terrível no terreno do Huddersfield e acabou derrotado por 2-1, num jogo onde os red devils mereceram claramente a derrota.