SC Braga 1-1 KAA Gent: André Pinto, o monstro das bolachas… Belgas

Por Pedro Nuno Sousa Setembro 16, 2016, em Liga Europa

SC Braga 1-1 KAA Gent: André Pinto, o monstro das bolachas… Belgas

Voltaram a Braga as noites europeias. Não muito feliz esta renovada entrada dos arsenalistas nas provas internacionais que acabou num empate a um golo.

Jogo quente e duro, onde ambos os lados procuraram a vitória, mas o empate foi o resultado final, distribuindo pontos e rasgando aquele precioso cheque em dois. Do lado do Braga marcou André Pinto e do lado belga Milicevic. Dois bons golos são a melhor oferta que o jogo proporcionou. Mas, o grande vencedor foi mesmo Benoit Bastien, um ilusionista de renome internacional, com um vasto leque de números e actuações dignas de serem apresentadas ao grande público. Fantástico Monsieur Benoit! O senhor é um performer de alto nível. «Tu que tirasses um coelho da cartola, que quem te punha lá já nem era eu!» Mas como isto não interessa nada vamos lá falar de coisas sérias.

Eram oito e cinco no relógio e a bola já começava a rolar no municipal de Braga. Entrada fulgurante por parte do Gent que cedo resultou em golo. Uma falta sobre um jogador belga aos cinco minutos de jogo colocou Milicevic na decisão. Bola lá dentro com um remate colocado e sem hipótese para Matheus. Grande golo. Um zero no marcador, que em boa verdade reflectia o jogo. Um Gent atrevido e aguerrido à procura da baliza era o que se via. Pelo menos de onde eu estava. Mas o Braga sentiu o pouco mas forte apoio que tinha nas bancadas e começou a jogar para disputar os três pontos. Até que André Pinto descobriu à cabeçada a rede onde tinha de marcar. Aí vai o momento: «No meio da noite cerrada, o silêncio imperava no meio da escuridão. Um pacote de bolachas belgas semi-aberto vagueia sozinho. Com frio, tenta abrigar-se na sua área. Ouviam-se gritos ao longe que indicavam o aproximar de alguém. Passos lentos. Mas quem seria aquela hora? Prrrrrrriiii Houve-se um rasgão mortífero! rfrfrfrf Golo!! André Pinto o monstro das bolachas belgas ataca! Já foste! Num mergulho para o sofá de bolachas na mão, André Pinto teve tempo até para ver a repetição em casa. Está feito o empate e o resumo do momento. Outro grande golo que carimbou a noite europeia. E visto que já estava tudo mais sereno em Braga com o golo do empate, ambas as equipas viam-se obrigadas a abrir espaços e a resolver simples. O Gent permaneceu relativamente melhor chegando até a marcar pela segunda vez. Como bom ilusionista que é, Benoit soube anular o golo fazendo com que os belgas perdessem a cabeça. Lance difícil para análise, mas o meu instinto diz-me que não pareceu irregular. Tenho dito. A verdade é uma, o Braga acordou depois do susto e lá soube equilibrar o jogo. Jogadas objectivas e com um fim único. Marcar um golo. A resposta veio então em cima do intervalo lá pelos quarenta e quatro minutos, onde Bakic tentou a sua sorte e Jacob Rinne lhe negou a festa. Grande defesa, merecedora de fotografia. Se todos sorrissem naquele momento ficava uma bonita foto de família. «Desde que não entrasse aquele primo da França que eu não gosto… Quem? O Benoit? Sim esse…» Enfim… Resultado empatado ao fim de quarenta e cinco minutos.

André Pinto foi o autor do golo Fonte: SC Braga

André Pinto foi o autor do golo
Fonte: SC Braga

Veio a segunda parte e os bracarenses pareciam mais crentes no resultado. Mais fortes na luta pela bola e sempre de cabeça erguida à procura de Hassan, Pedro Santos ou Wilson Eduardo. O intervalo fez bem à turma do Minho que passou a controlar o jogo e a criar oportunidades mais que suficientes para resolver o jogo. Mas a bola não queria entrar e Benoit não estava a gostar do que via. Tanta falta por assinalar e ele sempre atrasado… «Isso não se faz! Então… Vem um senhor de fora para arbitrar um jogo nas calmas e vocês estão para ai a correr feitos tolinhos… Calma lá que o espectáculo não é vosso!» Engana-se senhor Benoit… As pessoas foram mesmo ver o Braga a jogar na Europa. Sim no país dos campeões europeus. Ups… Pois é, mas isto é tudo tão bonito que faltou mesmo saber marcar. Nem Hassan, nem Wilson Eduardo, nem André Pinto conseguiram fazer outro golo. Nem tudo foi culpa da arbitragem e o Braga podia ter jogado aquele bocadinho que faltou para marcar novamente. É tão verdade o que lhe digo, que se o Gent marcasse novamente não seria de espantar. Coulibaly bem tentou, mas Renteria só há um, portanto ficas em segundo no pódio do desperdício. O jogo acabaria então por terminar empatado a uma bola, premiando mais o Gent pelo resultado obtido fora de portas. Um ponto e cento e vinte mil euros para cada lado, com direito a espectáculo do Monsieur Benoit não incluído no preço.

Homem do jogo: André Pinto – Grande capitão que imperou no ar e em terra. Excelente jogo e com direito a um golão.

Fora de jogo: Bakic – Bom reforço mas ainda não mostrou o porquê de ter sido contratado.  Aquém das expectativas e algo distante do jogo. Compreende-se a adaptação mas o clube pede mais. Peseiro também não esteve bem na receita para o jogo, retirando -se assim alguma culpas à tua participação.

pedro nuno sousa
O Pedro tem 22 anos, é arqueólogo de formação e jornalista desportivo por inspiração. Teve oportunidade de praticar vários desportos, o que proporcionou esta paixão. Frequenta o mestrado em História e é minhoto. Gosta muito dos seus amigos e por isso tenta preservá-los. Também gosta de teatro e é ator amador. Frequentou formações no 'Cenjor' e no 'Palavras Ditas' porque gosta de enriquecer a vida profissional. Um dia espera ser relator de futebol.                                                                                                                                                 O Pedro não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Comentários

Por Pedro Nuno Sousa Setembro 16, 2016, em Liga Europa

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

22/03/2017

Joana Libertador

Redatora

AS Mónaco

Além do notável campeonato que tem vindo a realizar, a equipa de Leonardo Jardim conseguiu a reviravolta na segunda mão, no jogo da Liga dos Campeões contra o Manchester City, quando vinha de uma derrota por 5-3.

FC Porto

Com a possibilidade de passar para a liderança do campeonato, já sabendo o resultado do seu principal adversário deixou escapar o primeiro lugar ao empatar em casa com o Vitória FC.