Girabola’17: o que esperar do último terço do campeonato?

Por Guilherme Costa Agosto 22, 2017, em Resto do Mundo

Girabola’17: o que esperar do último terço do campeonato?

Cabeçalho Futebol InternacionalApós o compromisso internacional dos Palancas Negras, que terminou com a qualificação da seleção angolana para o CHAN’18, é tempo de voltar de novo as atenções para o Girabola e para o que ainda falta jogar do campeonato. Como seria de prever, o título será discutido até à última jornada pelas 4 equipas apontadas todas as edições como favoritas a serem campeãs: 1.º de Agosto, Recreativo do Libolo, Petro de Luanda e Kabuscorp, embora esta época haja um intrometido nesta disputa – o Sagrada Esperança.

Certamente, muitos adeptos pensariam que a equipa do Dundo não seria capaz de permanecer grande parte da época com um ritmo competitivo de alto nível, mas a verdade é que conseguiu manter-se nos lugares cimeiros da classificação – está no 4.º lugar, com 38 pontos conquistados. Aconteça aquilo que acontecer nas últimas 9 jornadas, a equipa treinada pelo turco Ekrem Asma pode já ser vista como a “Equipa Revelação” da edição de 2017 do campeonato angolano, dado que se intrometeu na luta dos 4 crónicos candidatos ao título, situação que é positiva para o crescimento competitivo do Girabola.

No que diz respeito ao campeão 1.º de Agosto, a equipa de Rambé & Companha está no 1.º lugar da tabela e parece estar em melhores condições para revalidar o título, embora ainda tenha 4 jogos exigentes – recebe em casa os três restantes candidatos e a equipa-surpresa até ao final do campeonato. Caso vença essas quatro partidas caseiras, os Militares muito dificilmente não terminaram a época a celebrar o bicampeonato.

O Petro de Luanda parte para o último terço do campeonato no 2.º posto, com 44 pontos e menos duas partidas jogadas, mas também pode aspirar a vencer o título, que lhe escapa desde 2009. Para recuperar o atraso em relação ao seu rival, a equipa petrolífera conta com o seu avançado brasileiro Tiago Azulão, o melhor marcador da prova até ao momento (11 golos marcados), sendo que a sua inspiração e assertividade serão fundamentais para o Petro se manter na luta pelo troféu de campeão.

1.º de Agosto e Petro de Luanda partem à frente da restante concorrência na luta pelo título Fonte: Girabola Zap

1.º de Agosto e Petro de Luanda partem à frente da restante concorrência na luta pelo título
Fonte: Girabola Zap

Quanto aos outros dois candidatos, Kabuscorp e Rec. Libolo, partem para a reta final numa situação menos favorável: estão ambos obrigados a vencer os seus jogos e a ter de esperar por escorregadelas dos dois primeiros classificados, situação que até poderá acontecer, visto que, nas últimas jornadas, as equipas estão mais preocupadas em pontuar para atingir os seus diferentes objetivos, não querendo dar, assim, tanto espetáculo nos jogos disputados.

Na parte final da tabela, a luta pela permanência no principal escalão do futebol angolano será igualmente interessante de se acompanhar: existem cinco equipas separadas por poucos pontos (entre 2 a 4 pontos) e que tudo farão para garantir a sua salvação no Girabola, sendo elas o Santa Rita de Cássia, JGM do Huambo, Progresso da Lunda Sul, Académica do Lobito e ASA. Qualquer um dos clubes tanto poderá festejar a permanência no final da prova, como chorar a despromoção – tudo depende do desempenho que terão nos encontros que faltam jogar.

Em conclusão, creio que estão reunidas as condições para se assistir a uma reta final de campeonato de qualidade, cuja máxima que irá imperar na mente de todos os envolvidos na competição (jogadores, treinadores, dirigentes e adeptos) será: “Todos os pontos contam!”. Que se comece a jogar o que falta do Girabola´17!

 

Artigo revisto por: Ana Rita Cristóvão

guilherme-costa
O Guilherme é estudante da área de Gestão. É um amante de qualquer modalidade desportiva, embora seja o futebol que o faz vibrar mais intensamente. É adepto desde que nasceu do nasceu do Sport Lisboa e Benfica, clube que o faz ficar feliz quando ganha ou com insónias quando perde. Gosta bastante de rir e de fazer rir as pessoas que o rodeiam, daí acompanhar com bastante regularidade tudo o que envolve o humor.                                                                                                                                                 O Guilherme escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Comentários

Por Guilherme Costa Agosto 22, 2017, em Resto do Mundo

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

17/09/2017

João Neves

Redator

Pep Guardiola

O técnico espanhol está a deslumbrar na Premier League com uma equipa recheada de estrelas. Esta semana atropelou o Watford de Marco Silva por 6-0 e é um dos favoritos a levantar o titulo no final da época.

Bruno Varela

As razões são óbvias com o segundo golo sofrido, no Bessa, a deitar fora 3 pontos importantes. Precisa ainda muito de crescer para ganhar a titularidade no Benfica.