Rockets, Wizards, Warriors: Estofo para a segunda ronda?

Por Joana Libertador Abril 20, 2017, em NBA

Rockets, Wizards, Warriors: Estofo para a segunda ronda?

Cabeçalho modalidadesEsta madrugada, três equipas aumentaram a sua vantagem nos playoffs para 2-0. Rockets, Warriors e Wizards partem para os jogos fora com 100% de triunfos em casa.

Ao contrário do que aconteceu no primeiro jogo, este foi bastante equilibrado. Os Rockets encontraram mais dificuldades no caminho para a vitória e os OKC mostraram que não se dão por derrotados. Apesar de uma exibição de excelência por parte de Westbrook, que se tornou no primeiro jogador de sempre a fazer um triplo duplo com mais de 50 pontos nos playoffs, a equipa de Oklahoma não foi capaz de chegar à tão desejada vitória. Em desvantagem durante três quartos, os homens de D’Antoni só conseguiram passar para a frente do marcador no último período. Os 35 pontos de Harden foram uma grande ajuda para a equipa, mas o segredo da vitória veio do banco: Eric Gordon marcou 22 pontos, Lou William 21 e Nenê 7. Ou seja, 50 pontos saíram diretamente do banco de suplentes dos Rockets, enquanto do dos Thunder saíram apenas 24.

Destaque, então, para Westbrook, que volta a mostrar que é um monstro, e para Eric Gordon e Lou Williams, dois 6th man, que foram importantíssimos para a equipa.

Fonte: NBA

Fonte: NBA

Os Golden State Warriors voltaram também, como seria de esperar, a vencer. Depois de vencer por 12 pontos no primeiro jogo, a equipa de Kerr venceu por 29 pontos (110 – 81). Mesmo sem Durant e Livingston, Curry e Thompson não precisaram de números e prestações de outro mundo para os Warriors ganharem folgadamente. O jogador com mais pontos marcados foi mesmo o camisola 30, com 18, mas o destaque vai para JaVale McGee, que marcou 16 pontos e foi o mais eficaz em campo: 100% de eficácia. Draymond Green volta a realizar um grande jogo, alcançando o duplo-duplo, com 10 assistências e 12 ressaltos.

Em Washington, houve, mais uma vez, um confronto equilibrado. À semelhança do que aconteceu no primeiro jogo, a diferença no marcador não chegou a 10 pontos e John Wall voltou a ser o homem do jogo. Os Wizards seguem para Atlanta com uma vantagem de dois, mas sem nada garantido ou favoritismo assumido.

 Foto de capa: NBA

Artigo revisto por: Francisca Carvalho

joana-libertador
Tem a vaidade, o orgulho, a genica, a chama imensa. Para além da paixão incontrolável pelo Benfica, tem um carinho especial pelas equipas que vestem vermelho e branco. Menos na NBA. Aí sofre por aqueles que vestem branco, ou azul, ou amarelo, ou preto... depende do dia - os GS Warriors.                                                                                                                                                 A Joana escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Comentários

Por Joana Libertador Abril 20, 2017, em NBA

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

24/04/2017

André Conde

Diretor

Vítor Oliveira

Mais uma época, mais uma subida. Começa a ser quase uma certeza: equipa que o Vítor Oliveira treina acaba por subir. Fantástica campanha do Portimonense na Segunda Liga.

Nuno Espírito Santo

O jogo com o CD Feirense (0-0) demonstra o que tem sido o FC Porto nesta época. Sem estaleca na altura certa, acusa a pressão quando é preciso ganhar. Uma equipa sem ideias e Nuno é o principal culpado.