Grande derby? Só numa eventual final

Por Eduardo Nunes Janeiro 11, 2017, em Futsal

Grande derby? Só numa eventual final

Cabeçalho modalidadesJá está definido o alinhamento dos quartos-de-final e meias-finais da, ainda embrionária, Taça da Liga de Futsal, prova que este ano tem a sua segunda edição. E não houve surpresas de maior, confirmando que os dois grandes dominadores da modalidade (Sporting CP e SL Benfica) não se irão defrontar antes da final, isto caso os dois vençam os seus respetivos encontros até ao jogo decisivo.

Isto, no entanto, não evita um caminho complicado para os grandes, com o Benfica a jogar contra o seu carrasco na edição inaugural, a AD Fundão, que eliminou os encarnados nos quartos-de-final por 1-0 em 2015/16. O Sporting tem um encontro cabeça-de-cartaz contra o terceiro classificado da atual tabela classificativa, o Sporting de Braga. Os restantes encontros colocam frente-a-frente o Belenenses e o Futsal Azeméis e o MODICUS e os Leões de Porto Salvo, sendo que nas meias-finais o vencedor do encontro entre o Benfica e o Fundão joga frente ao conjunto que sair vencedor do jogo entre o Belenenses e o Futsal Azeméis, ao passo que o Sporting-Sporting de Braga emparelha com o jogo entre a turma lisboeta dos Leões de Porto Salvo e a equipa portuense do MODICUS .

Fonte: FPF

Fonte: FPF

Resta-nos esperar que venha o próximo mês de Fevereiro para assistir a mais um rol de jogos bastante intensos e onde a incerteza paira no marcador até ao fim do encontro, ainda para mais quando estarão na quadra as oito melhores formações do nosso país.

Creio que, um pouco à imagem do ano transato, pode haver surpresas. Olhando, por exemplo, para o jogo entre Sporting e o seu homónimo de Braga, ou mesmo no duelo entre Benfica e Fundão, apesar de surpreendente, não seria chocante se qualquer um dos grandes de Lisboa caísse, tal o equilíbrio nos dois jogos em questão. Face aos dois outros jogos, também tudo pode acontecer embora a equipa de Belém seja ligeiramente favorita, quanto mais não seja pelo estatuto adquirido ao longo dos últimos anos e que parece estar a ser renovado nesta época, em função do quinto lugar que o emblema da cruz de cristo atualmente ostenta.

No encontro que falta dissecar, a equipa de Sandim parte também com um ligeiro ascendente face aos Leões, não só pelo lugar mais cimeiro que ocupa no campeonato, mas sobretudo pelo estatuto e regularidade apresentados ao longo dos anos mais recentes (nesta década, só falhou o play-off final numa época, em 2013/14, quando ficou em nono lugar no fim da fase regular). Por isso, durante uns dias, mais concretamente de 23 a 26 do próximo mês. todos os nossos olhos vão estar postos no pavilhão multiusos de Gondomar.

Foto de capa: FPF

Artigo revisto por: Francisca Carvalho

eduardo nunes
Estuda economia em Coimbra, mas não deixa de prestar especial atenção ao que se passa no universo do desporto. O desporto preferido é Ténis, mas não perde uma oportunidade de acompanhar a Académica e o Benfica nas mais variadas modalidades.                                                                                                                                                 O Eduardo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
eduardo nunes

Últimos Artigos por Eduardo Nunes (ver todos)

Comentários

Por Eduardo Nunes Janeiro 11, 2017, em Futsal

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

19/11/2017

Francisco Sampaio

Redator

Francisca Jorge e Miguel Oliveira

A tenista de 17 anos tornou-se campeã nacional absoluta na vertente de singulares e de pares; o motociclista, aos 22 anos, venceu as últimas três provas do Mundial de Moto 2.

Seleção Italiana

60 anos depois a Itália está fora de um Campeonato Mundial de Futebol. Gian Piero Ventura tomou opções duvidosas e foi afastado do cargo de selecionador. O mundo do futebol chorou com Gianluigi Buffon.