A verdade do caso dos E-Mails

Por Pedro Afonso Estorninho Junho 18, 2017, em SL Benfica

A verdade do caso dos E-Mails

sl benfica cabeçalho 1

A imprensa nacional desportiva entrou em choque com a divulgação do conteúdo que tem vindo a ser destaque do intitulado “Caso dos E-mails”. O que se passa, grande parte de vós deve saber, por isso não vou estar aqui a massacrar a persistente informação que os media têm vindo a atirar vezes sem conta, e a cada oportunidade, para cima dos leitores/telespectadores. O significado desse conteúdo, a interpretação e a opinião quanto à sua importância ou não cabe a cada um, mas também não vai ser esse o conteúdo deste texto. Por outro lado, o que vai constar, vai ser uma pequena interpretação do que se tem vindo a passar. Sendo este um artigo de opinião, e sendo eu um redator deste tipo de artigos, cabe-me a mim, deixar aqui essa mesma opinião que vai contra ou a favor com a sua, leitor. Desta forma, e após ficar a saber qual o conteúdo expressado neste pequeno texto (porque, sinceramente, este tema está a ser falado com demasiadas palavras), vou passar à sua exposição.

“O Caso dos Emails” vem numa altura incrivelmente oportuna para todos os intervenientes no campeonato encerrado no mês passado, à exceção do Benfica, que se mostra ser, por contraste, um timing incrivelmente inoportuno. Os encarnados acabaram de ganhar o tetracampeonato, sendo cada um dos quatro, muito contestado pelos principais rivais ao título que acabava por ser vencido pelas águias.

Outro pormenor interessante nesta coincidência temporal, é o facto de no fim do campeonato, como é óbvio, não há jogos nem competições a decorrer, não há nada para ganhar, nem nada que a imprensa possa comentar, fora o mercado de transferências. Mas será de fácil compreensão que é bem mais empolgante comentar a possível associação do Benfica com os árbitros que os inúmeros empréstimos dos encarnados e as poucas contratações a interessar aos três grandes que acontecem na precocidade da abertura do mercado europeu. Mesmo as grandes transferências, acabam camufladas por este tema, porque seria enfadonho estar a comentar novamente que objetivos estão nos 2 milhões do contrato de André Silva (aquando da ida para o AC Milan) ou nos 5 milhões do contrato de Lindelöf (aquando da ida para o Manchester United), da mesma maneira que se fez quando Renato Sanches foi para Munique a troco de 35 milhões mais 25 de objetivos. Cansa falar sempre do mesmo tópico desinteressante, por isso criou-se um bem mais engraçado.

Além disso, vem o primeiro tetracampeonato da história do Benfica. Um feito só agora alcançado, ao fim de 113 anos de história da equipa de Lisboa. Alongando-me mais nas observações, o FC Porto vive um jejum de 4 anos sem conquistar um único título, e o Sporting (como todos sabemos), vive um jejum de 16 anos sem conquistar o campeonato. Que engraçado, serem os dois clubes que renovaram a união antes do término da época e agora a saúdam contra o Benfica neste tema.

Não expressando qualquer opinião quanto ao conteúdo d’ “O Caso dos Emails”, nem das pessoas ou das mensagens de correio eletrónico trocadas entre os intervenientes, quero salientar que isto, nesta altura, neste contexto, traz muito de bom para dois lados e muito de mau para um outro.

O caso dos E-Mails foi divulgado por Francisco J. Marques Frame: Porto Canal

O caso dos E-Mails foi divulgado por Francisco J. Marques
Frame: Porto Canal

O Benfica não tem maneira de sair bem desta história. Os rivais vêm a estrutura mais forte em Portugal a sofrer uma quebra de credibilidade e um soco no estômago da imprensa portuguesa que vive para a fofoquice e para a polémica. É sabido que basta um peixe saltar no lago para que se pense que quer mudar de águas. Eles (os rivais) creem que a próxima época será diferente, não por o caso que montaram ser verdade ou mentira, mas porque haverá receios, fragilidades e pressões constantes às equipas responsáveis por fazer as equipas jogaram dentro das normas de jogo. Espera-se que em caso de dúvida, o prejudicado venha a ser o clube encarnado, para que a sombra deste caso não volte à ribalta.

Num tom de finalização, quero acrescentar que não, o Benfica não vai descer de divisão. Lamento, senhor presidente do Sporting, mas o Benfica não descerá de divisão. Pelo menos esta época, pois sagrou-se campeão, logo não ficou em nenhum dos lugares de despromoção. Assim como não haverá condenações, também lamento muito FC Porto. O que acontecerá, vai ser apenas uma mancha na camisola que quanto mais se esfrega para sair, pior fica, e se não se deixar de esfregar, não sairá. E é por isso que o Porto e o Sporting esfregam com mais força: para que se entranhe e todos se lembrem da vez que houve “O Caso dos Emails” como o pessoal se lembra do “Apito Dourado”.

Uma palavra de apreço ao senhor Bruno de Carvalho que ironizou ao dizer que iria mandar um email à administração a perguntar porque só não ganham o campeonato no futebol nacional sénior: Acha mesmo que tem algo a ver com um movimento anti-Sporting que o seu clube não ganha há 16 anos o campeonato? Duvido.

Mas às tantas este movimento contínuo e chato protagonizado por esta união anti-Benfica, já começa a dar frutos. Não no futebol, porque esse já acabou, mas no Hóquei. Ou dizem que aquele golo não foi mal anulado?

Na dúvida, não se pode beneficiar o Benfica. Não agora. Lá vamos ter de ser Penta contra 19 equipas no ano seguinte.

Foto de Capa: SL Benfica

pedro-afonso-estorninho
Desde pequeno que o Benfica faz parte da vida do Pedro Estorninho. Avô e pai benfiquistas deixaram-lhe no sangue a chama das águias. A viver nos Açores nunca teve muitas oportunidades de ver o clube ao vivo, mas os estudos trouxeram-no à capital, onde pode assistir de perto aos jogos do tricampeão. A paixão pela escrita sempre foi algo dentro dele que nunca conseguiu mostrar e surge agora a oportunidade de juntar o melhor dos dois mundos.                                                                                                                                                 O Pedro escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Comentários

Por Pedro Afonso Estorninho Junho 18, 2017, em SL Benfica

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

23/10/2017

Eduardo Nunes

Redator

Miguel Oliveira

É impossível não destacar o feito do piloto da KTM, que se estreou a vencer neste fim-de-semana em Moto 2, no GP Austrália.

Manchester United FC

O clube orientado por José Mourinho fez um jogo terrível no terreno do Huddersfield e acabou derrotado por 2-1, num jogo onde os red devils mereceram claramente a derrota.