Abra os olhos, Sr. Presidente

Por Dinis Mestre Outubro 26, 2015, em SL Benfica

Abra os olhos, Sr. Presidente

cabeçalho benfica

O dia 25 de Outubro de 2015 vai ficar marcado na minha cabeça como um dia para esquecer. Ver a minha equipa perder por três a zero em casa perante o seu maior rival fez-me sentir triste e descontente com o trabalho que vem a ser realizado ao longo desta época.

Como já tinha referido num dos meus textos anteriores, parecia que o Benfica estava a caminhar num caminho marcado pelo desinvestimento. Esse trilho ficou bem vincado com a saída de Maxi Pereira, que ao que parece se deveu a “falta de vontade” do Benfica em renovar, isto segundo o jogador e com a saída de Jorge Jesus, que queria ser “empurrado” para fora do Benfica com a finalidade de reduzir os custos salariais do clube. Essa estratégia delineada por a tão famosa “estrutura” do Benfica começa a dar os seus frutos. Uma pré-época completamente miserável, uma derrota na Supertaça perante o Sporting, uma derrota perante o Arouca, que com todo o respeito, se encontra num patamar bem mais baixo que o Sport Lisboa e Benfica, a derrota no Dragão e por fim a goleada contra o Sporting na Luz.

Como adepto que sou fico triste com esta política. Graças a ela temos um plantel fraco, com bastantes lacunas. Eliseu nunca será um jogador ao nível de um clube como o Benfica. É fraco a nível defensivo e muito pouco tecnicista. Apesar de ser uma figura incontornável do Benfica, Luisão já não é o central que conhecemos. Hoje isso ficou bem vincado no jogo. Esta época tem sido regular Luisão falhar de forma crassa no eixo da defesa benfiquista.

De todas, a maior lacuna da equipa encarnada é a falta de um médio criativo. Não se sente uma ligação eficaz entre o meio campo e a frente de ataque. Faz falta alguém que paute o jogo do Benfica e que desiquilibre. Gaitán sozinho não é capaz e isso foi bem percetível no jogo contra o Sporting.

A 'culpa' não é de Rui Vitória Fonte: Sport Lisboa e Benfica

A ‘culpa’ não é de Rui Vitória
Fonte: Sport Lisboa e Benfica

Não censuro nem culpo Rui Vitória, muito pelo contrário, aplaudo-o e acho-o um treinador à Benfica. Não tem medo de arriscar e mostra um grande carácter e personalidade da forma como aborda situações mais complicadas. Como foi dito aquando da passagem de Paulo Fonseca pelo Porto, a Rui vitória foi oferecido camarões e a Jorge Jesus tinha sido oferecido caviar. Sim, isto para relembrar os mais esquecidos que a passagem de JJ pelo Benfica coincidiu com a altura de maior investimento realizada pela equipa encarnada.

No meio disto tudo só não entendo o porquê de termos camarão e não caviar. Depois dos encaixes que fizemos nos últimos anos com as vendas de jogadores. Com o crescimento da BTV,  com o patrocínio que possuímos neste momento e com o crescimento do Benfica como uma “marca” internacional nos últimos tempos como é possível não investirmos? Se investimos quando não éramos uma equipa ganhadora porque é que não continuamos a investir agora que as nossas receitas são maiores que anteriormente? Se o Benfica agora é uma instituição que recuperou a sua credibilidade financeira e desportiva a nível europeu porque caminha neste sentido?

Como já referi anteriormente sinto-me triste com esta política e espero sinceramente que o mês de Janeiro seja positivo a nível de contratações, e por favor, que a “estrutura” do Benfica pare de dar importância a pessoas de outros clubes e se  preocupe de uma vez por todas com os problemas internos do clube.

Foto de Capa: Sport Lisboa e Benfica

dinis mestre
O Dinis é um apaixonado por desporto. O Futebol e o Downhill são a sua grande paixão. Benfiquista e farense ferrenho, adora debater todos os temas da atualidade desportiva sempre com a maior imparcialidade possível.                                                                                                                                                 O Dinis não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
dinis mestre

Últimos Artigos por Dinis Mestre (ver todos)

Comentários

Por Dinis Mestre Outubro 26, 2015, em SL Benfica

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

17/09/2017

João Neves

Redator

Pep Guardiola

O técnico espanhol está a deslumbrar na Premier League com uma equipa recheada de estrelas. Esta semana atropelou o Watford de Marco Silva por 6-0 e é um dos favoritos a levantar o titulo no final da época.

Bruno Varela

As razões são óbvias com o segundo golo sofrido, no Bessa, a deitar fora 3 pontos importantes. Precisa ainda muito de crescer para ganhar a titularidade no Benfica.