E agora, Benfica?

Por João Neves Dezembro 5, 2017, em SL Benfica

E agora, Benfica?

sl benfica cabeçalho 1

A questão é mesmo essa. E agora, Benfica? Agora que a época já vai a meio, como é que vamos encarar a segunda volta da temporada?

A verdade é que, se por um lado a saída vergonhosa da UEFA Champions League deu descanso nas pernas para o resto da temporada, por outro não deu milhões que poderiam ser gastos no mercado de transferências… num defesa central, num defesa lateral, já viram? O ponto fulcral é que temos de ir à guerra com as armas que temos e tentar ao máximo rentabiliza-las nas provas que restam. A meu ver, o Benfica não precisa de mudar a forma como tem jogado nos últimos encontros pois finalmente começamos a ver o Benfica a ter bola com algum critério e, pouca que seja, já com alguma qualidade. É necessário também atacar em todas as provas mas com maior incidência no campeonato. Usar os melhores nesse grande objectivo e dar oportunidades, aos que há muito merecem, reservas, na Taça da Liga. Devemos começar a ter Zivkovic no 11 nesta segunda volta, o jovem jogador já provou que tem uns “pézinhos” de ouro, melhores que em muitos momentos os do Cervi. É necessário dar descanso ao Salvio, não é de todo estranho alguma quebra no seu rendimento tendo em conta que, já nem me lembro desde quando, é um titular indiscutível no 11 do Benfica.

 

Fonte: SL Benfica

Cada jogo é uma final!
Fonte: SL Benfica

Agora, e mais do que nunca, é necessário não perder pontos mesmo que a qualidade de jogo não seja a desejada. É necessário ter um meio-campo numerado e coeso, que seja difícil encontrar um adversário com um meio-campo mais preenchido. A presença de três médios mais os extremos ofereço-nos mais bola e é deixar o momento final para os avançados que estejam a ser utilizados.

Sobre o discurso a ter para esta segunda volta, é necessário mudar. Rui Vitória, principalmente na Champions, optou por transmitir uma mensagem de “é matematicamente possível ainda”. A diferença é que o campeonato não se perde apenas nas contas, perde-se em todos os jogos em que entramos em campo. Não pode existir discursos de tranquilização caso percamos mais um ponto que seja para os dois outros rivais. E cuidado, cuidado para esta segunda volta com o Sporting de Braga. Fortes, com forma coletiva, motivados pelo percurso europeu e nacional, estão só a dois pontos de nós e seria uma vergonha perder esta segunda volta para o clube minhoto.

Resumindo, e porque a questão do título tem uma resposta consensual a todos os adeptos, só pedimos que entrem em cada jogo como se fosse o último. Conquistem todos os três pontos até ao final campeonato e seremos campeões!

Foto de Capa: SL Benfica

joao-neves
O João é benfiquista desde que se lembra. Nascido e criado em Aveiro, com uma experiência de cinco anos de vida em Moçambique, vive em Lisboa desde Agosto de 2015. A acompanhar os jogos do Benfica desde sempre e sem falhar a presença no Estádio da Luz pelo menos uma vez por ano, desde sempre que escreve textos pessoais acerca do Benfica e sobre o futebol em geral. Com coragem para defender e criticar o clube da Luz sempre que for preciso, tem mais interesse pela arte do futebol praticado do que pelas polémicas ou aspectos que mancham o desporto rei.                                                                                                                                                 O João escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
joao-neves

Últimos Artigos por João Neves (ver todos)

Comentários

Por João Neves Dezembro 5, 2017, em SL Benfica

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

17/12/2017

André Conde

Diretor-Adjunto

Pep Guardiola

Equipa à sua imagem, futebol de grande qualidade e domínio na Premier League. No meio dos tubarões da Liga Inglesa, Pep Guardiola está a mostrar o porquê de ser o melhor treinador do mundo.

Rui Vitória

Depois da Champions, a Taça de Portugal. Uma equipa sem ideias, perdida em campo e um discurso completamente fora da realidade. O tempo do treinador no SL Benfica parece ter terminado.