Os números no arranque

Por João Valente Outubro 3, 2016, em SL Benfica

Os números no arranque

sl benfica cabeçalho 1

O futebol é um jogo de números e, como tal, todas as estatísticas e mais algumas interessam, mais que não seja, para alimentar aquele duelo de fanfarrice e superioridade entre adeptos de clubes rivais, daqueles que assistimos na rua ou nos transportes públicos e que levam sempre alguém a dizer: “Esta gente não pensa noutra coisa”. A pensar e vocês e nas pessoas que gostam apenas de saber estes factos por mero interesse ou curiosidade, eis um uma análise para últimos 4 inícios de temporada do Benfica.

Vamos desde já olhar para esta. O Benfica tem feito exibições mais convincentes, exemplo da vitória na supertaça diante do Braga, ou do jogo em casa para o campeonato com o Braga, e jogos que fazem alguns pensar: “Eles só ganharam porque tiveram alguma sorte”, como foi o caso do penúltimo jogo para o campeonato com o Chaves ou o jogo em Nápoles. O certo é que este é o melhor arranque de época dos encarnados nos últimos 3 anos. À entrada do mês de Outubro, o Benfica ainda não perdeu nenhum jogo para o campeonato, tendo ganho 6 dos 9 jogos oficiais, empatou 2, um para o campeonato frente ao Vitória de Setúbal, outro frente ao Besiktas na Liga dos Campeões, e perdeu um, também para a Champions frente ao Nápoles. Para já leva um total de 23 golos marcados contra 9 sofridos, o que faz com que esta temporada seja, até ver, das melhores das águias.

Pese a onda de lesões no plantel, o Benfica está no topo da classificação Fonte: SL Benfica

Pese a onda de lesões no plantel, o Benfica está no topo da classificação
Fonte: SL Benfica

Contudo o cenário nos últimos tempos não tem sido assim. Na temporada passada o Benfica arrancou a época a perder no duelo diante do Sporting para a Supertaça. Depois disso seguiram-se mais duas derrotas já a contar para o campeonato, ambas por 0-1, ambas fora de casa, em Arouca e no Porto, fazendo contraste com as 5 vitórias obtidas. O Benfica de 2015/2016 começou o ano a marcar 18 golos, menos 1 do que este ano e a sofrer 5 golos. A temporada 2014/2015 é a mas parecida com a deste ano. A época começou com uma vitória na supertaça por 3-2 nas grandes penalidades diante o Rio Ave e, depois disso, o Benfica só perdeu uma vez nos tais primeiros 8 jogos da temporada, em casa, por 0-2, frente ao Zenit para a Liga dos Campeões. Para o campeonato, somou 5 vitórias e 1 empate, em casa frente ao Sporting a um, marcou um total de 15 golos e sofreu 6, números já menos animadores.

Finalmente, na época 2013/2014 um início com 7 jogos, menos 1 do que as restantes pelo facto do Benfica não ter jogado a Supertaça, os encarnados apontaram 11 golos e sofreram 6, e começaram com uma derrota nos Barreiros, por 2-1, diante do Marítimo. Seguiram-se 3 vitórias e 2 empates para o campeonato, e uma vitória para a primeira jornada da Liga dos Campeões frente ao Anderlecht, fazendo com que nas últimas 4 épocas esta seja a pior.

Olhando para os números, esta segunda época de Rui Vitória é o melhor arranque dos últimos 4 anos, algo que se pode traduzir pelo melhor conhecimento e entrosamento do treinador com a equipa e com os reforços, ou, e também ligado a isso, um Benfica taticamente mais evoluído, como se viu contra o Besiktas ou contra o Tondela e o Nacional para o campeonato. O certo é, que estes números são no mínimo inspiradores para o que ainda falta da época e o motivo para dar continuidade aos resultados e, quiçá, acabar com o tetra nas mãos.

joao valente
João Valente é um apaixonado pela arte do futebol. Nascido e criado durante boa parte do tempo em Lisboa, começou a seguir este desporto com uns tenros quatro anos e, desde então, tem sido um namoro interminável. É benfiquista de gema – mas não um que só vê Benfica à frente! É alguém que sabe ser justo quer o Benfica ganhe ou perca e que está cá para salientar os porquês, na sua opinião, dos resultados. Como adepto de futebol que é não segue só a atualidade do futebol português; faz questão também de acompanhar a par e passo o que de mais importante acontece nos principais campeonatos. A conjugar com o seu interesse pelo futebol, e pela malha, desporto que descobriu porque o seu avô era campeão lá na rua, veio a escrita, forma que encontra de expor os seus pensamentos na esperança de um dia se tornar num grande jornalista de desporto, algo que dificilmente acontecerá mas, tudo bem, ele um dia há-de perceber isso.                                                                                                                                                 O João escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
joao valente

Últimos Artigos por João Valente (ver todos)

Comentários

Por João Valente Outubro 3, 2016, em SL Benfica

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

19/11/2017

Francisco Sampaio

Redator

Francisca Jorge e Miguel Oliveira

A tenista de 17 anos tornou-se campeã nacional absoluta na vertente de singulares e de pares; o motociclista, aos 22 anos, venceu as últimas três provas do Mundial de Moto 2.

Seleção Italiana

60 anos depois a Itália está fora de um Campeonato Mundial de Futebol. Gian Piero Ventura tomou opções duvidosas e foi afastado do cargo de selecionador. O mundo do futebol chorou com Gianluigi Buffon.