SL Benfica 0-2 FC Basel 1893: Pior era impossível

Por Joana Libertador Dezembro 5, 2017, em Liga dos Campeões

SL Benfica 0-2 FC Basel 1893: Pior era impossível

Anterior1 de 3Próximo

sl benfica cabeçalho 1Na última jornada da liga milionária, sem pontos e sem hipóteses de continuar na Europa, o Benfica recebeu o Basileia na Luz. Sem esperar muito, os adeptos encarnados deslocaram-se ao recinto para ver a última partida do clube no palco dos sonhos.

Eis que, logo aos cinco minutos de jogo, o Basileia inaugura o marcador por parte de Elyounoussi. O nervoso miudinho instalou-se ao imaginar uma nova goleada. O Benfica pareceu crescer e ter vontade de criar algum perigo, frente a uma equipa Suiça que, precisando da vitória, fazia o mínimo. Após remates falhados, cruzamentos demasiado fortes e cantos desperdiçados, os encarnados tiveram a sua melhor oportunidade aos 45 minutos de jogo, com um cabeceamento de Eliseu, após canto batido por Zivkovic.

Os clube da Luz voltou do balneário com mais vontade e mais pressionante, mas não conseguiu fazer o suficiente para inverter o resultado. Quando o Benfica crescia e parecia mostrar sinais de vida, o Basileia subiu no campo e fez o dois a zero. Desta vez o protagonista foi Oberlin que aos 65 minutos ditou aquele que viria a ser o resultado final. Dez minutos depois, a equipa suiça poderia ter ficado reduzida a dez, após entrada dura por trás de Petretta sobre Gabriel Barbosa.

O jogo não foi além de duas equipas medianas em campo, uma ineficácia extrema do Benfica e um excelente comportamento do Basileia que, precisando de ganhar para não depender de ninguém, veio à Luz buscar os derradeiros três pontos, mesmo praticando um futebol assim-assim. O Benfica não foi além dos inacreditáveis zero pontos, 14 golos sofridos e apenas um marcado.

O Benfica terminou a Liga dos Campeões Fonte: SL Benfica

O Benfica terminou a Liga dos Campeões com zero pontos
Fonte: SL Benfica

Anterior1 de 3Próximo
joana-libertador
Tem a vaidade, o orgulho, a genica, a chama imensa. Para além da paixão incontrolável pelo Benfica, tem um carinho especial pelas equipas que vestem vermelho e branco. Menos na NBA. Aí sofre por aqueles que vestem branco, ou azul, ou amarelo, ou preto (depende do dia) - os GS Warriors.                                                                                                                                                 A Joana escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Comentários

Por Joana Libertador Dezembro 5, 2017, em Liga dos Campeões

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

17/12/2017

André Conde

Diretor-Adjunto

Pep Guardiola

Equipa à sua imagem, futebol de grande qualidade e domínio na Premier League. No meio dos tubarões da Liga Inglesa, Pep Guardiola está a mostrar o porquê de ser o melhor treinador do mundo.

Rui Vitória

Depois da Champions, a Taça de Portugal. Uma equipa sem ideias, perdida em campo e um discurso completamente fora da realidade. O tempo do treinador no SL Benfica parece ter terminado.