Uma estátua para o Sr. Capitão!

Por Tomás Gomes Julho 5, 2016, em SL Benfica

Uma estátua para o Sr. Capitão!

Anterior1 de 3Próximo

sl benfica cabeçalho 1

O que fazer com Luisão? Esta é uma pergunta que muito provavelmente está a moer a cabeça a Rui Vitória e a Luís Felipe Vieira, e que tem sido assunto na praça pública das redes sociais. Já pesa a idade ao capitão e outros, mais novos, chegaram e conquistaram um lugar no eixo da defesa. Será que se pode sentar Luisão? Claro. Será que se deve transferir Luisão? Claro, que não! E uma estátua? Porque não?

Deixem-se de devaneios, Luisão não pode sair do Benfica. O central brasileiro está há 14 anos na Luz. 14! É o grande símbolo do nosso clube no século XX. Que disparate é esse de sequer ponderar deixar sair esta figura? Mais. Eu digo que Luisão deve ficar e que lhe deve ser renovado o contrato. Mais. Que depois de ele terminar a carreira que integre a equipa técnica do Benfica, como acontece com Shéu Han.

Luisão e Shéu festejam juntos o 'tri' Fonte: Facebook Oficial Luisão

Luisão e Shéu festejam juntos o ‘tri’
Fonte: Facebook Oficial Luisão

Anterior1 de 3Próximo
tomas-gomes

Tomás Gomes

O Tomás é sócio do Benfica desde os dois meses. Amante do desporto rei, o seu passatempo favorito é passar os domingos a beber imperial e a comer tremoços com o rabo enterrado no sofá enquanto vê Premier League.                                                                                                                                                 O Tomás não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Comentários

Por Tomás Gomes Julho 5, 2016, em SL Benfica

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

28/03/2017

Marta Reis

Comunicação

FPF

Merece a distinção pela organização do Football Talks 2017. Portugal foi o centro do futebol mundial. Além disso, boa decisão- e terça-feira confirmada- de realizar um jogo na Madeira.

Holanda

A Holanda está em apuros na qualificação para o Mundial '18, ocupando o 4.º lugar. Depois de despedir o treinador, os resultados continuam sem aparecer. Prova disso é a derrota frente à Itália (2-1).