Moreirense FC 1-2 FC Porto: Dragões Seguem na Taça de Portugal e Há Clássico nas “Meias”

Por Joana Quintas Janeiro 12, 2018, em FC Porto

Moreirense FC 1-2 FC Porto: Dragões Seguem na Taça de Portugal e Há Clássico nas “Meias”

Anterior1 de 3Próximo

fc porto cabeçalho

A última vaga das meias-finais da Taça de Portugal ficou preenchida hoje e pertence ao FC Porto. Os azuis e brancos bateram esta noite o Moreirense FC por duas bolas a uma, no derradeiro jogo dos quartos-de-final da competição, e têm agora pela frente o Sporting CP, que eliminou ontem o CD Cova da Piedade.

O favoritismo pertencia ao FC Porto, na teoria, ainda antes do início do jogo. Na prática, era preciso fazer isso valer depois do apito inicial. Frente a frente duas equipas da Primeira Liga, com percursos bastante diferentes no campeonato: de um lado um Moreirense FC na luta pela manutenção, do outro um FC Porto na perseguição a um título que tem vindo a escapar há quatro anos. No que diz respeito à Taça de Portugal os de Moreira de Cónegos garantiram os quartos-de-final apenas depois da decisão por grandes penalidades, frente ao CD Santa Clara, enquanto que os dragões golearam em casa o Vitória SC.

Esta noite foram mesmo os azuis e brancos que assumiram o início da partida. Logo aos nove minutos de jogo Herrera abriu o marcador, com um chapéu a Jhonatan, depois do trabalho de Soares, que o isolou. Com o marcador a assinalar 0-1 o FC Porto ficou confortável no jogo e, aos 20 minutos, chegou com naturalidade ao 0-2, desta vez com Miguel Layún como protagonista. O Moreirense FC deu mostras de querer crescer no terreno e conseguiu chegar com perigo à baliza dos dragões à passagem da meia hora de jogo. Peña rematou forte e obrigou Iker Casillas a uma boa defesa e, na recarga, Zizo atirou ao lado. Sem mais oportunidades claras de nenhum dos lados os 45 minutos terminaram com a saída de Brahimi que, ao que tudo indica, abandonou o relvado com problemas físicos.

Brahimi, uma das figuras da equipa, saiu antes do intervalo, aparentemente com problemas físicos Fonte: FC Porto

Brahimi, uma das figuras da equipa, saiu antes do intervalo, aparentemente com problemas físicos
Fonte: FC Porto

Com uma casa bem composta no Comendador Joaquim de Almeida Freitas, a segunda metade da partida começou novamente com o FC Porto por cima. Os dragões levaram a bola algumas vezes à baliza de Jhonatan, no entanto, em nenhum dos lances obrigaram o guarda-redes da casa a aplicar-se, não conseguindo criar situações de perigo. Do outro lado, também Casillas tinha a vida facilitada perante um Moreirense FC pouco certeiro na concretização dos seus lances ofensivos. Até os 75 minutos. Edno, na sua estreia com a camisola dos de Moreira de Cónegos, deu o melhor seguimento possível ao cruzamento de Tozé e, de cabeça, reduziu a desvantagem para 1-2. O golo da equipa da casa relançou a partida mas o FC Porto foi voltando a assumir o controlo do jogo na tentativa de chegar ao terceiro golo. Soares esteve por duas vezes perto de o conseguir, mas acabou a desperdiçar os dois lances. Primeiro, aos 80 minutos, atirou de primeira por cima, após cobrança de livre de Layún e, quatro minutos depois, voltou a atirar ao lado, de cabeça, com a bola a passar muito perto do poste.

O Moreirense FC ainda teve esperança na recuperação, depois de fazer o 1-2, mas o FC Porto acabou por se organizar e assegurar o domínio do jogo, colocando intensidade na partida e impedindo os de Moreira de Cónegos de chegar perto da baliza de Casillas. Os azuis e brancos garantiram assim a presença nas meias-finais da Taça de Portugal, onde terão agora pela frente o Sporting CP, com mais um clássico à vista entre dois dos candidatos ao título.

Anterior1 de 3Próximo
Joana Quintas
O gosto pela escrita e a paixão pelo desporto, particularmente pelo futebol, tornaram claro que o jornalismo desportivo seria o caminho a seguir. A Joana é licenciada em Ciências da Comunicação, gosta de estar atenta ao que a rodeia e tem, por norma, sempre uma palavra a dizer sobre tudo.                                                                                                                                                 A Joana não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Comentários

Por Joana Quintas Janeiro 12, 2018, em FC Porto

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

15/01/2018

Diogo Janeiro Oliveira

Editor

Bas Dost

Mais um hat-trick do avançado holandês, que atingiu os 60 golos em ano e meio no Sporting. Uma verdadeira máquina de fazer golos, o abono de família dos leões.

Real Madrid CF

Derrota em casa frente ao Villarreal e já são dezanove os pontos de distância para o Barcelona. Os merengues estão a fazer um campeonato horrível.