Que comece a caça aos milhões

Por Bernardo Lobo Xavier Setembro 12, 2017, em FC Porto

Que comece a caça aos milhões

fc porto cabeçalhoArranca a caminhada até ao Estádio Olímpico de Kiev. O mesmo será dizer que começa hoje mais uma edição da principal competição de clubes a nível mundial, a UEFA Champions League. O FC Porto está presente na fase de grupos pela 22ª vez, sendo um dos clubes, juntamente com os gigantes espanhóis FC Barcelona e Real Madrid CF, com maior numero de presenças deste que a UEFA adotou um novo formato em 1992. Os dragões estão inseridos no grupo G juntamente com Besiktas, Mónaco e Leipzig.

A edição deste ano é especialmente importante para a formação portuguesa dadas as dificuldades financeiras do clube e a necessidade de gerar receitas. Amanhã estarão em jogo três pontos e 1,5M€

Na primeira jornada do grupo, o FC Porto defronta, na fortaleza do Dragão, o bicampeão turco: Besiktas. Quer isto dizer que Ricardo Quaresma e Pepe voltam a uma casa que chegou a ser sua e onde deixaram muitas saudades.

É conhecida a preponderância que os jogos em casa têm nesta competição e, como tal, só a vitória interessa. Não é o primeiro duelo entre as equipas sendo que o saldo é claramente favorável aos Dragões (três vitórias e dois empates).

No entanto esta equipa do Besiktas é claramente superior às que anteriormente defrontaram os azuis e brancos e conta nos seus quadros com vários jogadores de nomeada como Medel, Adriano, Ozyakup, Babel, Talisca, Lens ou Negredo, para além dos internacionais portugueses já mencionados. Apesar da qualidade indiscutível de Pepe, julgo que será justo dizer que a defesa será o ponto mais débil do clube turco.

Num exercício de adivinhação e futurologia, e com base nas anteriores opções do treinador Senol Günes, o Besiktas deverá alinhar num esquema tático de 4x2x3x1. O onze inicial não andará muito distante disto: Fabri tem sido o dono da baliza; na defesa Beck deverá alinhar pela direita (suprindo a ausência de Adriano), Pepe e Tosic no eixo central e Caner Erkin como lateral esquerdo; Ozyakup (muita qualidade tem este médio turco) e Hutchinson serão o duplo pivot; Depois deverão surgir Quaresma, Talisca e Babel no apoio ao ponta de lança turco Cenk Tosun.

Fonte: FC Porto

Fonte: FC Porto

Resta perceber se o treinador turco utilizará a fórmula do campeonato ou se irá optar por avançar Ozyakup no terreno e substituir Talisca por um médio de características mais defensivas para juntar a Hutchinson. Em todo o caso, estará amanhã no Estádio do Dragão um Besiktas repleto de jogadores de qualidade.

No FC Porto são menos as dúvidas. Casillas, Ricardo, Felipe, Marcano, Alex Telles, Danilo, Óliver, Corona e Brahimi têm lugar cativo no onze. A única dúvida reside nos homens da frente. Importa perceber se Sérgio Conceição optará por juntar Otávio ou André André ao onze, reforçando o meio campo, ou se manterá uma dupla de avançados. No caso, serão Marega e Soares. Sendo certo que Aboubakar falhará, por castigo, o reencontro com a sua anterior equipa.

No que ao futebol jogado são duas equipas que, por via da sua superioridade nos seus campeonatos, têm maior número de semelhanças do que diferenças e que privilegiam a posse e o pressing. Estando o FC Porto a jogar em casa, espera-se e exige-se que tome conta do jogo, que imponha a sua ideia e obrigue o adversário a comportamentos (jogar em transições) aos quais está menos acostumado.

Em suma, o FC Porto joga a primeira de seis importantes batalhas que serão sempre disputadas em dois tabuleiros, o desportivo e o financeiro. Começa a caça aos pontos. Começa a caça aos milhões.

Foto de Capa: FC Porto

artigo revisto por: Ana Ferreira

bernardo-lobo-xavier
Fervoroso adepto do futebol que é, desde o berço, a sua grande paixão. Seja no ecrã de um computador a jogar Football Manager, num sintético a jogar com amigos ou, outrora, como praticante federado ou nos fins-de-semana passados no sofá a ver a Sporttv, anda sempre de braço dado com o desporto rei. Adepto e sócio do FC Porto e presença assídua no Estádio do Dragão. Lá fora sofre, desde tenra idade, pelo FC Barcelona. Guarda, ainda, um carinho muito especial pela Académica de Coimbra, clube do seu pai e da sua terra natal. De entre outros gostos destacam-se o fantástico campeonato norte-americano de basquetebol (NBA) e o circuito mundial de ténis, desporto do qual chegou, também, a ser praticante.                                                                                                                                                 O Bernardo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
bernardo-lobo-xavier

Últimos Artigos por Bernardo Lobo Xavier (ver todos)

Comentários

Por Bernardo Lobo Xavier Setembro 12, 2017, em FC Porto

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

17/09/2017

João Neves

Redator

Pep Guardiola

O técnico espanhol está a deslumbrar na Premier League com uma equipa recheada de estrelas. Esta semana atropelou o Watford de Marco Silva por 6-0 e é um dos favoritos a levantar o titulo no final da época.

Bruno Varela

As razões são óbvias com o segundo golo sofrido, no Bessa, a deitar fora 3 pontos importantes. Precisa ainda muito de crescer para ganhar a titularidade no Benfica.