SOS Renovação

Por Bernardo Lobo Xavier Agosto 21, 2017, em FC Porto

SOS Renovação

fc porto cabeçalho

O FC Porto está bem e recomenda-se. Com maior ou menor brilhantismo foi ultrapassado as, ainda poucas, batalhas que foi tendo e a confiança e esperança nas bancadas parece renovada.

Posto isto, torna-se difícil e até contraproducente estar a abordar aspetos menos positivos e mais alarmantes para a nação Azul e Branca. No entanto, e reconhecendo que a gestão da nova época parece estar a ser gerida com pinças (já não era sem tempo), há ainda algo que me preocupa. O FC Porto tem, no seu plantel, um sem número de atletas em situação contratual periclitante e não mostra capacidade nem pujança financeira para chegar a acordo com os mesmos. Esta é uma questão premente e deve ser uma das prioridades da SAD, visto tratar-se de um dossier de extrema relevância para o futuro desportivo e financeiro do clube.

Os casos mais preocupantes são os de Ivan Marcano e Vincent Aboubakar que dentro de 4 meses serão livres de assinar por qualquer outro clube. Os dois jogadores são fundamentais na estratégia de Sérgio Conceição e importa garantir que ambos têm e mantêm o foco no coletivo e nos objetivos do clube e tentar a permanência de ambos para o ano seguinte. Na mesma situação está Diego Reyes que, pese embora não tenha a mesma importância ou relevância na equipa, não deixa de ser um jogador de qualidade e, até à data, a única alternativa válida à dupla de centrais titular (Felipe/Marcano). Iker Casillas também termina contrato em 2018 mas é um caso diferente e de exceção.

Fonte: FC Porto

Fonte: FC Porto

Depois existem ainda os casos de Brahimi, André André, Herrera, Ricardo e Dalot que cumprirão estes requisitos no próximo verão sendo as situações do argelino, tanto pelo já elevado salário que aufere como pela sua importância na equipa, e do lateral direito português, pela baixa cláusula de rescisão estipulada no atual contrato (25 milhões de euros), as mais bicudas. Tal como Casillas, Maxi junta-se a estes em igual regime de exceção pela avançada idade e rendimento principesco.

A doutrina divide-se quanto à resolução deste tipo de situações. É certo que o FC Porto ou qualquer outro clube não podem nem devem ficar reféns de qualquer jogador mas não é menos verdadeiro que a opção de colocar de parte jogadores que se recusam a renovar não traz qualquer benefício para nenhuma das partes.

Assim, cabe à SAD liderada por Jorge Nuno Pinto da Costa encontrar as soluções ideais e procurar garantir as verbas necessárias para resolver, pelo menos, os casos mais desconfortáveis. Exige-se um comportamento homogéneo com todos os jogadores e que não se aja de forma diferente consoante uma melhor ou pior situação de tesouraria, já que em anos passados os jogadores eram quase marginalizados e, atualmente, dadas as debilidades financeiras do clube, todos parecem contar para o Totobola.

Foto de Capa: FC Porto

artigo revisto por: Ana Ferreira

bernardo-lobo-xavier
Fervoroso adepto do futebol que é, desde o berço, a sua grande paixão. Seja no ecrã de um computador a jogar Football Manager, num sintético a jogar com amigos ou, outrora, como praticante federado ou nos fins-de-semana passados no sofá a ver a Sporttv, anda sempre de braço dado com o desporto rei. Adepto e sócio do FC Porto e presença assídua no Estádio do Dragão. Lá fora sofre, desde tenra idade, pelo FC Barcelona. Guarda, ainda, um carinho muito especial pela Académica de Coimbra, clube do seu pai e da sua terra natal. De entre outros gostos destacam-se o fantástico campeonato norte-americano de basquetebol (NBA) e o circuito mundial de ténis, desporto do qual chegou, também, a ser praticante.                                                                                                                                                 O Bernardo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
bernardo-lobo-xavier

Últimos Artigos por Bernardo Lobo Xavier (ver todos)

Comentários

Por Bernardo Lobo Xavier Agosto 21, 2017, em FC Porto

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

19/11/2017

Francisco Sampaio

Redator

Francisca Jorge e Miguel Oliveira

A tenista de 17 anos tornou-se campeã nacional absoluta na vertente de singulares e de pares; o motociclista, aos 22 anos, venceu as últimas três provas do Mundial de Moto 2.

Seleção Italiana

60 anos depois a Itália está fora de um Campeonato Mundial de Futebol. Gian Piero Ventura tomou opções duvidosas e foi afastado do cargo de selecionador. O mundo do futebol chorou com Gianluigi Buffon.