CF ‘Os Belenenses’ 1-1 Vitória FC: Empate entre Azuis e Sadinos

Por José Pedro Barata Agosto 25, 2017, em Primeira Liga Portuguesa

CF ‘Os Belenenses’ 1-1 Vitória FC: Empate entre Azuis e Sadinos

Anterior1 de 4Próximo

Cabeçalho Futebol Nacional

A quarta jornada da Liga NOS teve início esta sexta-feira, no estádio do Restelo.  Frente a frente esteve o Belenenses, de Domingos Paciência, que não pôde contar com o habitual titular Miguel Rosa (ausente por lesão), e o Vitória de Setúbal, do recém-chegado Yanick Djaló, que não marcou presença na convocatória dos sadinos. Num jogo marcado por uma primeira parte bastante interessante e competitiva, o resultado final ficou em 1-1.

Com um anoitecer bastante calmo e totalmente favorável para assistir ao encontro no estádio, as bancadas do Restelo receberam mais adeptos visitantes do que propriamente adeptos da casa.

A partida iniciou-se com um Setúbal bastante atrevido, que criou perigo várias vezes durante os primeiros 20 minutos da partida. Logo aos 5’, Muriel rematou forte e perigoso ao lado da baliza; aos 9’ foi a vez de João Teixeira se desmarcar para rematar para uma defesa apertada do guardião dos azuis; e já nos 15’, bom trabalho na extrema direita do ataque sadino, que poderia ter culminado no golo se não fosse Gonçalo Paciência atirar por cima da baliza.

Em resposta às investidas do Setúbal, o Belenenses contra a corrente do jogo, chega ao golo através de um auto-golo de Paciência aos 20’. Livre de Chaby no lado direito do ataque do Belém que resultou num cabeceamento para a própria baliza do avançado emprestado pelo Futebol Clube do Porto.

O Belenenses ganhou entusiasmo com o golo e, já na meia-hora, esteve perto de ampliar a vantagem para 2-0, depois de um cabeceamento de Maurides. No lance seguinte, João Teixeira perde a bola em zona proibida para Roni, que, posteriormente, cai na área de forma duvidosa, depois de um lance divido com o médio emprestado pelo Benfica. O árbitro da partida, Manuel Oliveira, recorreu ao vídeo árbitro e decidiu que o lance não era motivo para assinalar grande penalidade.

Depois de uma primeira parte bem disputada por ambas as equipas, o segundo tempo ficou marcado pela disputa de bola apenas a meio campo e pela falta de desequilíbrios e lances possíveis de golo. Uma clara segunda parte sem ideias e com pouco nível de Futebol praticado pelas formações.

Apesar da escassez de oportunidades, o Vitória de Setúbal chegou ao golo aos 81’ ,num livre de Nuno Pinto batido na extrema direita do ataque sadino. Já em tempo de compensação, destaque para a expulsão de Sasso, por acumulação de amarelos.

Com este resultado, o Belenenses regista o primeiro empate nesta edição da liga NOS e o Setúbal continua sem vencer qualquer jogo.

Anterior1 de 4Próximo
jose-pedro-barata
De terras beirãs para o mundo do jornalismo, surgiu um estudante de ciências da comunicação apaixonado por futebol. Tem o SL Benfica como religião, mas um olhar rigoroso sobre o desporto rei.                                                                                                                                                 O José escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Comentários

Por José Pedro Barata Agosto 25, 2017, em Primeira Liga Portuguesa

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

15/01/2018

Diogo Janeiro Oliveira

Editor

Bas Dost

Mais um hat-trick do avançado holandês, que atingiu os 60 golos em ano e meio no Sporting. Uma verdadeira máquina de fazer golos, o abono de família dos leões.

Real Madrid CF

Derrota em casa frente ao Villarreal e já são dezanove os pontos de distância para o Barcelona. Os merengues estão a fazer um campeonato horrível.