Moreirense FC 0-1 SC Braga: A vitória premiou a persistência

Por Joana Quintas Outubro 23, 2017, em Primeira Liga Portuguesa

Moreirense FC 0-1 SC Braga: A vitória premiou a persistência

Anterior1 de 4Próximo

Cabeçalho Futebol NacionalMoreirense FC e SC Braga defrontaram-se este final de tarde no Parque de Jogos Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em jogo a contar para a nona jornada da primeira liga. A persistência dos arsenalistas acabou por ser recompensada já perto do final da partida, com Fábio Martins a desbloquear o marcador e a fazer o 0-1 final. Depois da derrota na Liga Europa, o SC Braga voltou às vitórias, frente a um Moreirense que continua sem conseguir vencer em casa.

Com uma entrada forte na partida, foi o SC Braga que dominou os primeiros minutos. Abel Ferreira apresentou em Moreira de Cónegos o mesmo onze titular que perdeu no jogo de quinta feira para a Liga Europa, frente ao Ludogorets, numa demonstração de confiança nos jogadores, que se esforçaram por retribuir. Com pouco mais de 1500 adeptos na bancada, foram os visitantes os primeiros a criar perigo e a dar sinais de querer desbloquear o marcador. João Carlos Teixeira, aos 10 minutos de jogo, remata por cima da baliza de Jhonatan, com o guarda redes a ser mesmo chamado a intervir aos 19 minutos, defendendo um remate de Paulinho, que saiu à figura. No entanto, foi Fransérgio que, no minuto seguinte, obrigou o guardião a aplicar-se e a fazer uma grande defesa, evitando o golo dos guerreiros do minho.

Depois de uma entrada forte e a pressionar do SC Braga, foi a vez do Moreirense, aos 25 minutos de jogo, chegar à baliza defendida por Matheus, com um remate de Zizo a ser desviado e a passar por cima da trave, dando canto à equipa da casa. À passagem da meia hora de jogo, foi novamente Paulinho que criou perigo na área dos cónegos, cabeceando por cima após passe de João Carlos Teixeira. Já perto do intervalo foi o Moreirense que voltou a dar mostras de querer chegar à vantagem, com Koffi a cair na área com Matheus. Equipa e adeptos pediram grande penalidade, mas Jorge Sousa mandou seguir e a primeira parte terminou mesmo com o nulo no placard.

Fonte: Moreirense FC

Fonte: Moreirense FC

E da mesma forma que dominou e criou mais perigo na primeira parte, foi também o SC Braga a primeira equipa a criar perigo no segundo tempo. Aos 55 minutos, Hassan rematou forte, com a bola a desviar em Abarhoun e a dar canto aos arsenalistas. O Moreirense não se deixou intimidar e seguiu para o ataque, acabando por beneficiar de um livre perigoso à entrada da área, cobrado por Rafael Costa e com defesa de Matheus e, aos 60 minutos, na sequência de um novo livre, Abarhoun cabeceia por cima. Com as oportunidades a serem mais escassas para ambos os lados, foi o SC Braga que, aos 70 minutos e por intermédio do recém-entrado Ricardo Horta, voltou a chegar-se à frente, num remate que saiu por cima do ferro da baliza. A grande oportunidade do segundo tempo chegou a cerca de um quarto de hora para o final, com Fábio Martins a tirar um cruzamento certeiro para a cabeça de Ricardo Horta, com Jhonatan a fazer uma grande defesa e, na recarga novamente por intermédio de Horta, a evitar o primeiro da partida.

Aos 82 minutos os arsenalistas voltaram a ameaçar com o golo, num lance em que Esgaio aparece na cara do guardar redes do Moreirense, que consegue defender com os pés e evitar que a bola sobrasse para os visitantes. O golo acabaria mesmo por chegar aos 89 minutos da partida, acabando por premiar a persistência dos guerreiros do minho. Fábio Martins, lançado na segunda parte, atirou para o fundo das redes de Jhonatan, que não conseguiu evitar o 0×1.

As mexidas de Abel Ferreira no segundo tempo, com as entradas de Ricardo Horta e Fábio Martins, conseguiram melhorar o ataque do SC Braga, que pressionou e criou oportunidades que acabavam por esbarrar em Jhonatan, principal figura do Moreirense. O nulo acabou por desfazer-se muito perto do final, dando a vitória aos arsenalistas e deixando os cónegos no fundo da tabela, com apenas seis pontos e sem nenhuma vitória no seu reduto.

Anterior1 de 4Próximo
Joana Quintas
O gosto pela escrita e a paixão pelo desporto, particularmente pelo futebol, tornaram claro que o jornalismo desportivo seria o caminho a seguir. A Joana é licenciada em Ciências da Comunicação, gosta de estar atenta ao que a rodeia e tem, por norma, sempre uma palavra a dizer sobre tudo.                                                                                                                                                 A Joana não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Comentários

Por Joana Quintas Outubro 23, 2017, em Primeira Liga Portuguesa

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

13/11/2017

Jorge Faria de Sousa

Redator

Eric Dier

O defesa inglês é hoje uma das estrelas do futebol britânico e estreou-se enquanto capitão da seleção inglesa no passado fim de semana.

Presidente Câmara Oliveira do Hospital

Criticou a FPF, alegando que o distrito de Coimbra foi esquecido nestes jogos particulares. Espera-se que no futuro próximo, a FPF possa levar o futebol solidário ao distrito de Coimbra.