Imaginem…

Por António Gonçalves Dezembro 6, 2017, em Sporting CP

Imaginem…

sporting cp cabeçalho 1

Imaginem um Sporting que tivesse sido fantasticamente eficaz. Imaginem que em cada oportunidade clara de golo ninguém vacilasse. Imaginem que na primeira jornada, logo na primeira parte, o Olympiacos estivesse a perder por 6-0. Seria escandaloso, mas, tendo em conta as inúmeras oportunidades, poderia ter acontecido. Imaginem que Bruno Fernandes rematava para o fundo das redes quando o Barcelona vencia em Lisboa por 0-1. Imaginem que em Turim, Jonathan Silva tinha travado Mandzukic naquele cabeceamento vitorioso. Imaginem que em Alvalade o Sporting segura o resultado e vencia os campeões italianos. E agora, imaginem que Jorge Jesus não abdica do melhor onze e Bas Dost não vacila na cara de Cillessen, facturando todas as oportunidades de golo.

Sim, o grande problema deste Sporting foi ter mostrado uma tremenda falta de eficácia. No entanto, fica na retina que esta equipa é capaz de lutar contra qualquer outro colosso europeu. Os leões seguem para a Liga Europa com o objetivo mínimo garantido. Dignificaram o futebol português destacando vários futebolistas no seu plantel. Piccini, William, Bruno Fernandes, Gelson Martins e Acuña são jogadores de topo mundial. Uma delícia ver tanta qualidade junta.

Gelson Martins foi um dos jogadores em destaque na UEFA Champions League Fonte: Sporting CP

Gelson Martins foi um dos jogadores em destaque na UEFA Champions League
Fonte: Sporting CP

Por outro lado, Alan Ruiz é um autêntico “barrete”. Uma autêntica nulidade capaz de tirar a paciência ao adepto mais paciente do planeta. Um verdadeiro pino em campo. Aliás, o pino consegue ter mais relevância do que o argentino, porque poderia servir para fazer uma tabela. Enquanto Alan, nem para uma tabela tem competência. Falta de atitude, agressividade, competitividade e, acima de tudo, qualidade.

Jorge Jesus escolheu o Boavista e ninguém o pode criticar por isso. Uma vitória em Camp Nou, juntamente com a vitória da Juventus em Atenas, poderia afectar a equipa animicamente. Os gregos bem podiam ser amigos e contratar Alan Ruiz para rodar o espeto na cantina do clube. Após o jogo pragmático frente ao Belenenses, onde a equipa sofreu sem necessidade, o Sporting é hoje uma equipa mais virada para o resultado que propriamente em jogar bom futebol. Ser eficiente é a solução que o génio JJ encontrou para colmatar as dificuldades que os jogos pós-Champions incumbiam. Vencer os axadrezados será uma tarefa difícil e é preciso ter os jogadores na máxima força. Os nortenhos são uma equipa agressiva, organizada e com muita qualidade.

Bas Dost decidiu frente ao Belenenses e os adeptos esperam que o Boavista seja a sua próxima vítima Fonte: Sporting Clube de Portugal

Bas Dost decidiu frente ao Belenenses e os adeptos esperam que o Boavista seja a sua próxima vítima
Fonte: Sporting Clube de Portugal

Imaginem que os leões transformam as ocasiões em golo no Bessa? Só Bas Dost e companhia terão as ferramentas necessárias para desbloquear o jogo e garantir a vitória que será fundamental para o objetivo máximo da época: Ser Campeão Nacional!

Para concluir, só uma mensagem para Bruno Fernandes: Que Jogador!

Foto de Capa: UEFA

António Gonçalves
O António considera-se um analista de verdade e verde e branco com seriedade.                                                                                                                                                 O António não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
António Gonçalves

Últimos Artigos por António Gonçalves (ver todos)

Comentários

Por António Gonçalves Dezembro 6, 2017, em Sporting CP

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

17/12/2017

André Conde

Diretor-Adjunto

Pep Guardiola

Equipa à sua imagem, futebol de grande qualidade e domínio na Premier League. No meio dos tubarões da Liga Inglesa, Pep Guardiola está a mostrar o porquê de ser o melhor treinador do mundo.

Rui Vitória

Depois da Champions, a Taça de Portugal. Uma equipa sem ideias, perdida em campo e um discurso completamente fora da realidade. O tempo do treinador no SL Benfica parece ter terminado.