As 10 figuras de 2016: SL Benfica

Por João Santos Dezembro 25, 2016, em SL Benfica

As 10 figuras de 2016: SL Benfica

Anterior1 de 10Próximo

sl benfica cabeçalho 1

10.º – Victor Lindelof

Fonte: Uefa

Fonte: Uefa

A par de Renato Sanches foi a grande revelação do ano. Quem poderia prever que, em apenas alguns meses, Lindelof evoluísse de “trinco” da equipa B do Benfica, suplente da selecção sub-21 da Suécia, para um dos mais respeitados e desejados defesas-centrais do futebol mundial? Com apenas 22 anos, conquistou a titularidade do Benfica, tornando-se num dos esteio do tricampeonato, jogando com elevada qualidade, tanto ao lado do “capitão” Luisão, como do “capitão” Jardel. As suas exibições não passaram despercebidas e, com naturalidade, assumiu a titularidada da selecção princial da Suécia, sendo considerado, em 2016, no melhor defesa do seu país. A sua qualidade (e margem) de progressão abriram o apetite aos tubarões. O Manchester United de José Mourinho parece, no entanto, ter ganhado a corrido. O ano de Lindelof deverá representar, para o Benfica, a mais alta venda da sua história.

Anterior1 de 10Próximo
joaosantos
O João já nasceu apaixonado por desporto (onde até inclui o Curling). Depois, veio a escrita. A natureza tosca dos seus pés levou-o a ser jogador de andebol e Jornalista de jornal e de rádio - a ambição cumpriu-se, mas os bolsos continuaram vazios. Adora uma boa história envolvendo desporto e os seus protagonistas. E apoia (fervorosamente) o Benfica e a Académica.                                                                                                                                                 O João não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
joaosantos

Últimos Artigos por João Santos (ver todos)

Comentários

Por João Santos Dezembro 25, 2016, em SL Benfica

Figura e Fora-de-Jogo da Semana

22/03/2017

Joana Libertador

Redatora

AS Mónaco

Além do notável campeonato que tem vindo a realizar, a equipa de Leonardo Jardim conseguiu a reviravolta na segunda mão, no jogo da Liga dos Campeões contra o Manchester City, quando vinha de uma derrota por 5-3.

FC Porto

Com a possibilidade de passar para a liderança do campeonato, já sabendo o resultado do seu principal adversário deixou escapar o primeiro lugar ao empatar em casa com o Vitória FC.