O fim da primeira volta do Girabola’18 foi assinalado com a realização da 15.ª jornada. No fim-de-semana de 13 e 14 de maio, jogou-se mais uma ronda do campeonato angolano.

O campeão em título, 1.º de Agosto, voltou a não jogar nesta ronda, uma vez que estava na Suazilândia para disputar a partida da Liga dos Campeões, frente ao Mbabane Swallows.

Quem termina esta volta no topo é o Interclube! Depois de dois desaires consecutivos frente aos candidatos D’Agosto e Petro, os “Polícias” voltaram às vitórias – na receção ao Domant, o conjunto de Paulo Torres mostrou uma enorme determinação em garantir os três pontos, e foi graças ao golo de Kaporal, na segunda parte, que o Interclube conseguiu vencer, e assim somar a oitava vitória em 15 jogos e, consequentemente, preservar a liderança do Girabola.

O Interclube voltou às vitórias, após duas derrotas consecutivas
Fonte: Interclube

O Petro de Luanda é que tenho vindo a estabilizar em termos de exibições e resultados. Depois de bater o atual líder no passado fim-de-semana, a equipa petrolífera voltou a sorrir no final da jornada: na ida à casa do Sagrada Esperança, os comandados de Beto Bianchi suou imenso para levar de vencida o clube do Dundo pela margem mínima, com o central Élio a apontar o golo solitário. O jogo ficou marcado pela enorme contestação dos adeptos visitados à equipa de arbitragem liderada por José Chitumba, devido aos erros durante os 90 minutos – a polícia teve de intervir para acalmar a fúria do público.

O Kabuscorp voltou a vencer para o campeonato. A jogar em Benguela, o clube do bairro do Palanca bateu a Académica do Lobito por 1-3, com os golos do Kabuscorp a serem marcados por Nelito, Magola e Lamy. O tento de honra dos “Estudantes” foi da autoria de Lelas. Com esta vitória, os “Palanquinos” encontram-se no sexto posto da classificação.

O mau momento na equipa do Calulo parece estar para durar. Em nova jornada do Girabola, o Recreativo do Libolo voltou a não vencer: na visita ao terreno do Progresso do Sambizanga, a turma libolense não foi além de um empate sem golos. Após 15 jogos disputados, a prestação do ex-campeão não é nada positiva: nos últimos dez encontros, só venceu por duas vezes, o que é pouco para uma equipa que pretende estar na luta pelo título!

Nos restantes encontros, o Desportivo da Huíla venceu no seu terreno o Rec. da Caála por 1-0 e houve um nulo entre Bravos do Maquis e Sporting de Cabinda.

Em conclusão, podemos afirmar que foi uma primeira volta cheia de ação e incerteza em todos os jogos disputados! Todas as equipas têm mostrado uma elevada intensidade nos distintos encontros, o que é de enaltecer para contínuo crescimento da competitividade do Girabola. O desejo agora de todos os adeptos é que a segunda volta seja igual ou melhor que a primeira, em termos de qualidade e festa do Futebol.

Foto de Capa: Girabola Zap

Comentários