Cabeçalho Liga Espanhola

Dia 18 começa a rolar a bola nos relvados espanhóis. A bomba destes últimos dias caiu para os lados de Barcelona. Neymar faz desaparecer o MSN ‘blaugrana’ em troca de 222 milhões de euros. “Ici c’est Paris”, diz agora o brasileiro.

Em Madrid, habita o campeão que revalidou o título na época passada, 5 anos depois do último campeonato. Também esfrega as mãos por ver menos uma preocupação no rival. Mas, a questão permanece: Como é que o ataque do Barcelona se vai agora comunicar? Ainda na capital, o Atlético do líder de exército Simeone já provou que consegue, com muito suor, intrometer-se entre os gigantes habituais.

Outros sim, os  ‘europeus’ de 2016/17 foram o Sevilla (Champions), Villarreal, Real Sociedad e Athletic Bilbao, mas ainda há outros candidatos, casos de Celta de Vigo, Espanhol ou os ‘meios esquecidos’ Málaga e Valencia, reservando-se sempre a expectativa para uma surpresa que possa emergir na prática do teórico fundo da tabela.

Sporting de Gijón, Osasuna e Granada desceram para a ‘Adelante’. Por outrolado, são dadas as boas-vindas ao Levante, o estreante catalão Girona e o Getafe.

Não esquecer igualmente a presença de jogadores lusos em quase metade das equipas de ‘La Liga’, mais precisamente 9 em 20: Barcelona, Real Madrid, Sevilla, Villarreal, Real Sociedad, Eibar, Valencia, Deportivo e Getafe. Que role ‘el balón’!

Comentários