A Liga Italiana desta época, ao contrário das anteriores, foi marcada por uma luta direta no topo da classificação, mas nas últimas jornadas a Juventus tem conseguido afastar o Nápoles do seu trono. A verdade é que os napolitanos deram água pela barba à Vecchia Signora, porém, quebraram no mês de março e, nas últimas sete partidas, apenas registaram três

Se os dois primeiros postos parecem decididos, os restantes prometem luta feroz até ao fim. O sempre prestigiante lugar no pódio está a ser discutido pelos dois rivais romanos e pelo Inter, que no início da época parecia querer acompanhar o comboio da frente. Lazio e Roma, aliás, têm os mesmos pontos à entrada para a ronda 34, conciliando com boas campanhas europeias: os Biancocelesti foram eliminados nos quartos-de-final da Liga Europa há poucos dias, frente ao surpreendente RB Salzburgo, enquanto que os Giallorossi cometeram a proeza de eliminar o FC Barcelona e marcam presença nas meias-finais da Liga dos Campeões. Talvez por isso, a equipa tenha estado um mês sem vencer para a Serie A e um maior foco na Liga milionária pode provocar um dissabor interno, isto porque há três galos para dois poleiros: o terceiro e quarto lugares dão acesso à Liga dos Campeões na próxima época, já o sexto apenas permite aceder à Liga Europa. Para além dos exércitos romanos, as tropas Nerazzurri também perseguem os milhões europeus, partindo um ponto atrás seus adversários diretos, mas prometendo aproveitar qualquer deslize. Estas equipas têm a participação europeia na próxima época garantida, porém, quem terminar na quinta posição ficará certamente desiludido.

 

AC Milan parte na frente na luta pelo sexto posto
Fonte: Serie A

Para além desta luta a três, existe uma mais numerosa e por apenas um lugar europeu: AC Milan, Fiorentina, Atalanta e Sampdoria lutam pelo sexto e último posto europeu. Os milaneses são os favoritos a levar de vencida esta batalha, não só por partirem à frente (2 para os Viola e três para Atalanta e Sampdoria), mas também pelo maior estatuto e pela maior valia individual. Desde a chegada de Gattuso a equipa deu um salto na tabela e um lugar europeu e a conquista da taça de Itália – onde está na final- podem salvar uma época comprometida. A equipa mais próxima do Milan é a Fiorentina. Os Viola viveram um momento muito complicado com a morte do seu capitão Davide Astori, mas fizeram das fraquezas forças e daí para cá somaram 6 vitórias consecutivas. No entanto, o empate caseiro com a SPAL e a derrota caseira frente à Lazio podem ser um mau indício para o fim do campeonato, tendo ainda agendados duelos com adversários diretos. A Atalanta pretende repetir a presença europeia desta época e é sempre um osso duro de roer, fruto da excelente organização defensiva da equipa. Com um plantel interessante, a equipa de Bérgamo promete lutar taco a taco com os Rossoneri Quem também não desiste do sonho europeu é a Sampdoria. A equipa de Génova tem no fator casa a sua maior arma e está na luta, mesmo enfrentando um calendário complicado até final.

Esta batalha pelos bilhetes europeus promete durar até à última jornada, mas há pelo menos uma certeza: pelo campeonato realizado até agora, ficarão certamente bem atribuídos.

Foto de capa: SS Lazio

Comentários