Cabeçalho Liga Italiana

Stephan El Shaarawy é um nome bastante conhecido no universo futebolístico mas podia ser mais. O pequeno faraó, como é conhecido, tem tido uma carreira pouco condizente com o potencial que lhe era reconhecido e tarda em explanar todo o futebol que já mostrou ser capaz de apresentar.

Formado no Genoa, o italiano foi emprestado, com 18 anos, ao Padova e não precisou de muito tempo para convencer os responsáveis do A.C. Milan a avançarem para a sua compra. O extremo chegou ao gigante italiano cheio de concorrência, mas foi aproveitando as oportunidades e ganhou o seu espaço no plantel.

Na 2.ª época explodiu definitivamente (46 jogos e 19 golos) e começou a ser apontado como uma das próximas next big things do futebol europeu. Só que Shaarawy não correspondeu. Em 2013/2014 lesionou-se com gravidade e esteve vários meses afastado da competição. A partir daí, o internacional italiano nunca mais foi o mesmo e tem feito uma carreira algo intermitente.

El Shaarawty marcou 4 golos nos últimos 3 jogos Fonte: FB Oficial de El Shaarawy
El Shaarawy ao serviço da seleção italiana
Fonte: FB Oficial de El Shaarawy

No início da época passada, o extremo foi emprestado ao Monaco de Leonardo Jardim mas não se conseguiu impor. Seguiu em janeiro para a Roma, voltando assim à Serie A, e não tardou a fazer-se notar. Oito golos nos primeiros 18 jogos, recuperando alguma da virtuosidade que lhe tinha sido tão reconhecida.

Esta época, quando se esperava que Shaarawy se afirmasse – de vez – como um titular indiscutível da formação romana, o italiano voltou a não corresponder completamente. Apesar de ter somado, até agora, 43 jogos e 12 golos, o extremo foi sempre alternando entre a titularidade e o banco de suplentes, o que não lhe permitiu que atingisse todo o seu potencial.

A qualidade está lá e o jovem italiano já provou, por diversas vezes, que tem muito futebol nos pés. Para já, tarda em demonstrar todo o futebol que lhe foi apontado quando apareceu, com apenas 19 anos, no Milan. Veremos se para a próxima época o pequeno faraó aparece em grande e ajuda a esquecer a ausência do maior símbolo do clube – Francesco Totti.

 Foto de Capa: Facebook oficial de El Shaarawy

Comentários