Nos últimos dois anos, com Hugo Canela no comando da equipa de andebol, o Sporting conseguiu “enterrar alguns fantasmas”. Destacou-se claramente dos rivais e, neste momento, pode-se falar de hegemonia verde e branca no andebol nacional. 

O nível dos atletas é notável. Jogadores como Frankis Carol, Tiago Rocha, Carlos Ruesga ou Ivan Nikcevic facilitaram a tarefa do treinador, mas o que se verificou foi uma simbiose perfeita entre os pupilos de Hugo Canela, o treinador e os adeptos. O treinador português assumiu o cargo depois de uma passagem pouco feliz de Zupo Equisoian pelo clube de Alvalade (Hugo Canela era o seu treinador adjunto). O significativo investimento na equipa de andebol não estava a corresponder às expectativas com o treinador espanhol muito titulado – foi despedido após uma derrota com o Porto, em casa, onde desperdiçou uma vantagem de sete golos. 

Hugo Canela soube pegar na equipa do Sporting e sarar as feridas de um plantel forte mas atacado: apenas não ganhou três jogos para o campeonato na época de 2016/17, dois deles contra o Benfica e Porto. Nesse mesmo ano, o Sporting vence o título de campeão nacional de andebol, que fugia há 16 anos (Hugo Canela participou como jogador do Sporting quando conquistaram esse título), e a segunda Challenge Cup da história do clube. 

Este ano, Hugo Canela realizou a sua primeira época inteira no Sporting e a equipa tem mostrado muita qualidade. Vence o campeonato a três jornadas do fim frente ao rival, Benfica, e consegue um feito que escapava desde a época de 1980/81, ou seja, há 37 anos – o bicampeonato nacional.

Hugo Canela soube gerir muito bem os momentos cruciais da época e sagrar-se bicampeão nacional pelo Sporting CP, proeza que fugia ao clube há mais de 30 anos
Fonte: Andebol SCP

O recorde de vitória seguidas no campeonato pertence atualmente ao Sporting (27 vitórias consecutivas), depois de bater o recorde do Porto (26), na semana passada contra o Benfica. Recorde que pode continuar a ampliar até ao final da temporada. Como se não fosse suficiente, o Sporting, passados 18 anos, ainda conseguiu bater o Porto, no Dragão Caixa, esta época.

É certo que houve um grande investimento no plantel de andebol do Sporting mas o trabalho de Hugo Canela tem de ser louvado. A chegada do treinador “apimentou” os lados de Alvalade no que toca à modalidade – andebol pensado nos momentos-chave e explosivo quando os adversários baixam a guarda. Dois títulos nacionais e uma Challenge Cup já são trunfos de peso e o Sporting ainda pode conquistar a taça de Portugal este ano, onde vai defrontar o Porto. 

Foto de Capa: Andebol SCP

Artigo revisto por: Rita Asseiceiro

Comentários