Anterior1 de 3Próximo

Cabeçalho modalidades

Terminou hoje a 44.ª Volta ao Algarve em bicicleta, que coroou Michal Kwiatkowski (Team Sky) como vencedor da prova. A organização está de parabéns quer pela escolha do percurso, que teve um pouco de tudo, quer pelo pelotão que se apresentou com muitos nomes sonantes.

Os destaques da corrida vão inevitavelmente para o vencedor mas há outros nomes que se destacaram na prova algarvia.

Dylan Groenewegen (Team LottoNL-Jumbo) venceu duas etapas, etapas essas dedicadas ao sprinters beneficiando de grande ajuda da sua equipa nas chegadas a Lagos e Tavira com comboios organizados e que ajudaram a que o holandês batesse toda a concorrência.

Na sua terceira participação na prova algarvia Groenewegen consegue não só ter a sua primeira vitória na prova, como consegue fazê-lo por duas vezes mostrando que é um ciclista jovem e com margem de progressão e que certamente irá ser um dos grandes nomes da sua geração.

Dylan Groenewegen consegue uma de duas vitórias na volta ao Algarve  Fonte: Nuno Raimundo
Dylan Groenewegen consegue uma de duas vitórias na volta ao Algarve
Fonte: Nuno Raimundo

No campo dos sprinters e em relação aos portugueses gostei de ver as prestações na primeira etapa de Luis Mendonça (Aviludo-Louletano) e João Matias (Vito-Feirense-Blackjack) que foram os melhores portugueses terminando no 10º e 13º  lugar respectivamente fora do núcleo das melhores equipas portuguesas, o que mostra a qualidade dos nossos ciclistas mesmo em equipas de menor dimensão.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários