Cabeçalho modalidadesA partir desta quinta-feira as oito melhores equipas no final da primeira volta do campeonato rumam até Sines para disputar, entre si e num conjunto de grandes jogos, a primeira Taça neste ano de 2018. Como já vem sendo hábito, desde a época 2015/16, disputa-se a ainda embrionária Taça da Liga, que até à data ainda só conheceu um vencedor: o Sporting CP arrebatou as duas edições iniciais (15/16 e 16/17).

Antes de mais, vou apresentar a lista de jogos dos quartos-de-final, que apresentam um derby lisboeta como encontro cabeça-de-cartaz da ronda inicial: um jogo entre SL Benfica o CF “os Belenenses”/El Pozo, sendo um rival duríssimo para os encarnados tentarem inverter a “malapata” nesta competição, pois ainda não venceram qualquer encontro nesta competição, tendo sido eliminados nas duas edições anteriores na fase inicial pela Desportiva do Fundão. Desta feita, o sorteio ditou que as águias joguem perante uma equipa que, não sendo a tradicional “besta negra”, é uma formação que venceu os encarnados no último jogo do campeonato, há poucos dias.

Nos outros jogos, há que destacar o adversário do Sporting, o FC Unidos Pinheirense, premiado pela primeira volta sofrida, mas com a presença garantida nesta fase final. É possível haver uma surpresa neste jogo, mas não é muito provável, também pela incrível série invicta que os comandados de Nuno Dias levam na presente temporada.

Os leões asseguraram a presença na final de amanhã frente a AD Fundão Fonte:FPF/Hernâni Pereira
Será que vamos ter um vencedor diferente este ano ou o Sporting irá ser tricampeão?
Fonte:FPF/Hernâni Pereira

Nos restantes jogos, há mais dois grandes jogos em perspetiva, um deles entre SC Braga/AAUM e MODICUS, e o outro entre a AD Fundão e o Futsal Azeméis, dois jogos que deverão pautar pelo grande equilíbrio. Uma coisa é certa, teremos futsal de qualidade garantido nos próximos dias e possivelmente algumas surpresas, como é natural neste tipo de eventos. Vamos ter que esperar mais uns dias para saber se a hegemonia absoluta do emblema leonino se vai manter, ou se, pelo contrário, iremos ter um vencedor inédito este ano.

Garantido, para já, estão alguns dias de grande espetáculo no pavilhão municipal de Sines, e a expetativa está muito elevada, ou não estejamos a falar dos oito conjuntos mais fortes do nosso país, que prometem jogos emocionantes e equilibrados até ao fim. Evitou-se um derby da segunda circular antes da eventual final, uma vez que o vencedor do Benfica – Belenenses joga na meia-final com o vencedor do Braga – Modicus e o vencedor do Sporting – Pinheirense cruza com o vencedor do Fundão – Azeméis. Isso significa que só na final poderemos ter mais uma edição do jogo mais apaixonante do nosso país, devido à grande rivalidade histórica dos dois emblemas.

Foto de Capa: Sporting CP

Comentários