Anterior1 de 2Próximo

SL Benfica e Sporting CP partiam com estatuto de favoritos para estas Meias-Finais, onde defrontavam Sporting de Espinho e Castêlo da Maia, respectivamente.

Este favoritismo acentuou-se depois de, na semana anterior, os rivais lisboetas terem alcançado importantes vitórias nas deslocações a Espinho e à Maia (ambas por 3-1).
Este fim-de-semana, numa jornada dupla disputada no Pavilhão da Luz e no Pavilhão João Rocha, as equipas da casa não deram qualquer tipo de hipótese aos adversários e venceram todos os seus encontros por expressivos 3-0, resolvendo desde já as suas eliminatórias.

De uma forma agregada, nestas Meias-Finais, cada uma das equipas lisboetas cedeu apenas um set, o que demonstra bem a superioridade destas face à concorrência.
Para os encarnados, alcançar esta fase tem sido um hábito, sendo esta a sua nona final consecutiva, tendo vencido quatro das últimas oito edições e sendo finalista vencido nas outras quatro. A última final em que o SL Benfica não esteve presente foi na já remota época de 2008/2009, quando acabou em terceiro lugar, atrás de Sporting de Espinho e Vitória de Guimarães.

Por seu turno, os leões, depois de um longo período afastado da modalidade, regressam em grande e voltam a marcar presença na final 23 anos depois.

O Sporting CP está na final 23 anos depois
Fonte: Sporting CP

É difícil dar algum favoritismo a qualquer uma das equipas nesta fase. Para já, fica a certeza de que teremos muito espectáculo nesta final e que, com a presença de dois históricos do desporto português, o voleibol terá de volta o mediatismo que já não alcançava há largos anos.

Noutras disputas, na agora apelidada de I Divisão, onde se encontram as equipas classificadas entre o quinto e o oitavo lugar na fase regular, a Fonte do Bastardo também resolveu desde já a sua Meia-de-Final. Depois de uma vitória por 3-0 no terreno da AA Espinho na semana anterior, esta semana, a jogar em sua casa, os açorianos voltaram a não dar qualquer possibilidade de resposta ao adversário e conquistaram mais duas vitórias inequívocas por 3-0.

A Fonte do Bastardo apresenta-se nesta fase como uma clara favorita à vitória desta I Divisão, dado o seu estatuto e o momento de forma em que se encontra.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários