Ponto prévio antes de começar este texto: o SL Benfica precisava urgentemente de reforçar a baliza, com um rosto que fosse capaz de aguentar o ritmo alucinante de uma época inteira, com competições internas e externas a acontecer ao mesmo tempo.

Partindo desta premissa, Vlachodimos tem se revelado essa figura, com a boa resposta em campo, ou não fosse contratado diretamente para ser o titular da baliza encarnada.

Com carimbo de estrela adquirido nas passagens pelo Estugarda e Panathinaikos, fez esquecer Bruno Varela, que não deixou saudades aos benfiquistas, e afastou Svilar, apesar do belga ainda ter (poucas) hipóteses de poder brilhar no plantel benfiquista. Ainda assim, o facto de ser jovem e de ainda não ter experiência suficiente não fazia querer que pudesse ser o substituto de Varela.

Nos jogos de pré-temporada, Vlachodimos foi o mais utilizado por Rui Vitória. Somou quatro jogos, contra os dois de Svilar e apenas um de Bruno Varela. Seguindo a mesma lógica, foi o guarda-redes que somou mais minutos, com 316.

As exibições consistentes de Vlachodimos valeram-lhe o lugar de titular na baliza encarnada
Fonte: SL Benfica

Mostrou segurança e firmeza entre os postes, com um bom jogo de pés e foi decisivo em resolver situações de maior perigo. Entre os jogos que disputou, obteve maior destaque na partida frente à Juventus, em que foi o principal responsável pelo empate no tempo regulamentar, ao salvar os encarnados de três ocasiões de claro perigo por parte do novo clube de Cristiano Ronaldo.

Assim que ocupou o lugar, nunca mais o largou e Rui Vitória teve tudo isso em conta, de modo a tomar a importante decisão de quem seria o guardião titular em 2018/2019.

É verdade que o guardião precisava de mais rotação, por ser uma cara nova no plantel. E teve direito a isso! Porém, ao contrário de muitos outros que não vingam, Vlachodimos foi diferente e ganhou a concorrência a Svilar e Bruno Varela.

Perante o que vimos na pré-época e na partida contra o Fenerbahçe, acredito que a temporada que se avizinha será deveras interessante e desafiante para mostrar e consolidar Odysseas Vlachodimos como a estrela que é.

Espero não me desiludir e que o guardião não desiluda. Também espero que traga muitas alegrias aos benfiquistas e que possamos contar com uma presença assídua e eficaz nas nossas redes. Não quero com isto dizer que Bruno Varela foi mau, muito pelo contrário, isto porque Vlachodimos foi e será muito melhor.

Foto de Capa: SL Benfica

Comentários