fc porto cabeçalhoO Clássico está mesmo aí à porta, os típicos nervos já chegaram. O maior jogo dos jogos grandes em Portugal é muito mais do que futebol. A rivalidade presente dentro e fora das quatro linhas fazem deste um jogo em tudo especial. Os três grandes têm três pontos de diferença entre si: FC Porto na liderança com 32 pontos, Sporting CP com 30 e SL Benfica com 29. Sendo ainda demasiado cedo para o clássico ser completamente decisivo na corrida para o título, o resultado pode ser bastante benéfico/prejudicial para o psicológico das equipas.

Histórico de confrontos
Num total de 236 jogos, o FC Porto venceu 91, empatou 59 e perdeu 86 vezes.
Em casa, o FC Porto conta com 66 vitórias, 28 empates e 16 derrotas, 225 golos marcados e 116 sofridos.

Momento do SL Benfica
Os encarnados chegam em terceiro lugar ao clássico com uma época, até ao momento, cheia de altos e baixos: estão fora das competições europeias, contam com 29 golos marcados (mais do que na época passada na mesma altura), mas com 8 golos sofridos e uma frágil defesa. Chegam ao Dragão depois de uma motivadora goleada frente ao Vitória de Setúbal por seis bolas a zero. Rubén Dias, a recuperar duma cirurgia à apendicite aguda, e Filipe Augusto, a recuperar dum traumatismo no pé direito, são as únicas baixas do lado da equipa encarnada.

Fonte: SL Benfica
Fonte: SL Benfica

Momento do FC Porto
Por sua vez, os azuis e brancos chegam à 13ª jornada invictos, com 31 golos marcados e 5 sofridos, a melhor defesa e o melhor ataque do campeonato. Enquanto o Benfica festejava a goleada no Estádio da Luz, o Porto lamentava o empate em Vila das Aves que, embora não particularmente motivador, não foi excessivamente desanimador. Do lado dos dragões, a única baixa é Jesús Corona, por castigo.

Fonte: FC Porto
Fonte: FC Porto

No fim das contas, ao som do apito inicial as equipas estarão equilibradas, sem nenhuma grande vantagem em qualquer dos lados. Não há grandes favoritismos, como Sérgio Conceição fez questão de sublinhar na conferência de imprensa, embora possa cair sempre um bocadinho para o lado de quem joga em casa. Ao FC Porto cabe fazer o que tem vindo a fazer nos últimos meses, com exceção do jogo em Vila das Aves. Jogar para ganhar e mostrar que em nossa casa mandamos nós.

Foto de Capa: FC Porto

artigo revisto por: Ana Ferreira

 

Comentários