fc porto cabeçalho

O início da nova temporada trouxe mexidas no mercado sobretudo no setor defensivo e com as saídas de Marcano e Diego Reyes, sobram agora algumas lacunas difíceis de serem preenchidas com a qualidade exigida. É neste ponto de situação que, a renovação de Diogo Queirós, promessa do FC Porto, apresenta-se como uma solução viável para um futuro não muito distante.

As vagas no setor defensivo abrem uma porta para os jovens da casa agarrar um lugar no plantel principal comandado por Sérgio Conceição.

O defesa portista, internacional pelas seleções portuguesas mais jovens, é desde cedo uma peça-chave quer nas equipas das camadas jovens portistas, quer na seleção, onde conquistou o europeu de sub-17 no Azerbaijão em 2016.

O central de 19 anos foi opção na equipa orientada por António Folha
Fonte: FC Porto

Com a qualidade demonstrada na última época pelo FC Porto B, onde realizou 27 jogos, o interesse no central tem surgido ao longo do tempo, com os ingleses do Liverpool FC e Arsenal FC a aparecerem como as melhores soluções para levarem Diogo Queirós para Inglaterra, assim como aconteceu com Diogo Dalot.

Apesar do interesse, Diogo Queirós renovou mais recentemente com os azuis e brancos e faz parte da convocatória para os sub-19 liderados por Hélio Sousa. A chamada aos sub-19, assim como a pré-época que vai realizar com a equipa principal portista, apresentam-se como desafios aliciantes para o central traçar cada vez mais um futuro brilhante.

Foto de Capa: FC Porto

Artigo revisto por: Jorge Neves

Comentários