O FC Porto acertou a contratação do brasileiro Éder Militão que ainda pertence ao São Paulo FC. Militão tem atuado no tricolor paulista como lateral direito, mas é defensor de origem e deverá ser mais utilizado no FC Porto nessa posição. A diretoria portista desembolsou sete milhões de euros (quatro milhões ao São Paulo e três milhões destinados aos empresários do jogador e ao próprio Militão) para obter os direitos federativos do atleta. Inicialmente o São Paulo queria vendê-lo por 10 milhões de euros, mas como o contrato do jogador expiraria em seis meses, o clube se viu numa situação difícil pois o atleta não queria renovar. Sendo assim, o tricolor preferiu vendê-lo a um preço baixo agora ao invés de ver o atleta saindo de graça em janeiro de 2019. Essa situação foi boa para o FC Porto que contratou um jogador de futuro brilhante a “preço de banana”.

Éder Militão tem 20 anos e desembarcará em Portugal com grande expectativa na carreira. Desde o início das negociações, o atleta se demonstrou interessado em se transferir para o atual campeão português. O brasileiro pode atuar como lateral direito, defensor ou até mesmo como médio defensivo. No FC Porto deverá ser utilizado como defensor, pois é um setor carente no atual elenco. No Campeonato Brasileiro, Militão faz parte da seleção da competição e tem chamado a atenção dos membros da comissão técnica da seleção brasileira. O jogador tem no seu currículo passagens pelas seleções de base do Brasil.

Éder Militão é visto com bons olhos pelo treinador da seleção principal, Tite
Fonte: São Paulo FC

A polivalência no relvado fará com que o jogador se torne uma peça importante para Sérgio Conceição. Militão é um defensor alto e forte, mas isso não lhe tira a agilidade na marcação aos adversários. A saída de bola também é qualificada, o jogador prefere sair jogando ao invés de fazer lançamentos longos do setor defensivo para o ataque. Essa característica será importante para a transição ofensiva da equipa. Militão fará uma boa dupla com Felipe e se as expectativas sobre ele forem alcançadas, os adeptos poderão dormir mais tranquilos após as perdas do Marcano e do Reyes.

O FC Porto investe mais nessa época do que na época passada. Os investimentos são necessários para qualificar ainda mais o elenco que já tem qualidade. A contratação de Militão pode significar o retorno do clube às contratações de jovens valores sul-americanos. Essas contratações costumam gerar retorno ao clube tanto dentro quanto fora dos relvados, pois o jogador tendo sucesso no Dragão será negociado por um valor muito maior do que foi comprado. Os adeptos torcem para que o mesmo aconteça com o brasileiro.

Foto de Capa: São Paulo FC

Comentários