Anterior1 de 2Próximo

fc porto cabeçalho

Antes de abordar o tema deste artigo quero prestar o meu tributo ao André. Não é nenhum futuro Golden Boy como o Zé Gomes e só pertence aos quadros da selecção nacional como alguns órgãos de comunicação social referenciam mas tenho grande fé que vai vingar em Itália. Espero que faça mais golos como aquele que fez na final da Taça e que se entregue tanto em Milão, como se entregou ao clube do coração. Votos de grande sucesso André e vamos lá ao que interessa.

Dependendo do esquema tático que Sérgio Conceição vai utilizar na versão FC Porto 2017/2018, a SAD portista terá que decidir se é sensato apostar no mercado ou não. Antes de mais creio que existem vários nomes que se encontram contratualmente ligados aos Dragões e que devem estar a ser equacionados pela SAD para substituir o jovem internacional português. Vou falar de cada um deles e refletir sobre a época que cada um fez.

O primeiro é Gonçalo Paciência. O filho de Domingos já tem 22 anos e o rótulo de “jovem promessa” já não lhe serve. Gonçalo tem apresentado poucos resultados para as expectativas que o futebol português tinha criado. Na última época jogou 15 jogos ao serviço do Rio Ave FC e marcou apenas um golo. É um jogador que ainda tem que “comer muito feijão” para pertencer ao plantel principal dos Dragões.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários