Anterior1 de 3Próximo

sl benfica cabeçalho 1

O futebol vive num clima de guerrilhas, num ambiente pesado, onde cada um se preocupa mais em diminuir o rival que enaltecer o seu clube. Para mim, nada disto faz sentido. Todos os clubes são necessários para que haja competitividade e futebol espetáculo e, por muito que custe admitir a muitos, no rival também há qualidade e é disso que vamos hoje aqui falar.

Resolvi começar com o FC Porto, por uma simples razão: Sérgio Conceição. Há vários anos que não se via um treinador “à Porto” à frente da equipa, o espírito e a raça azul e branca parecia ter desaparecido e o futebol também não fascinava ninguém. Sérgio Conceição veio mudar isso.

Custa aos rivais admitir, mas a verdade é que o FC Porto é a equipa que, neste momento, pratica o melhor e mais bonito futebol na Liga. O facto de Conceição ter conseguido fazer isso, trazendo de volta Marega e Aboubakar, por exemplo, e de sentir o clube como ninguém, foi o clique necessário para o Porto voltar a ser Porto. Não há maior elogio que este.

Uma dupla que continua a ser sinónimo de golos Fonte: FC Porto
Uma dupla que continua a ser sinónimo de golos
Fonte: FC Porto

Tudo o resto vem por acréscimo. O rendimento dos jogadores, a ambição de vencer e a vontade de mostrar a todos que o FC Porto está de volta vem, sem dúvida, da figura que está no banco, que é, para mim, a figura principal do clube neste momento.

Quanto ao Sporting, por muito que custe admitir, Jorge Jesus veio marcar o ponto de viragem dos leões. Apesar de todos os defeitos, como a teimosia, as palavras irrefletidas e aquela mania de que só ele é que sabe, JJ é um grande treinador e foi ele que pôs o Sporting de volta na corrida pelo título de campeão nacional.

Além disso, se há algo que Jesus sabe é fazer de meninos homens e pô-los a jogar futebol. Não poderia deixar de falar de Bas Dost e Bruno Fernandes. Nota-se, perfeitamente, a subida de rendimento de Dost, a diferença em abordar o jogo. Para além de matador, consegue agora criar jogo. Quanto a Bruno Fernandes, só quem tiver duas palas nos olhos pode negar a sua qualidade. É, para mim, a maior promessa do Sporting.

Honestamente, penso que os leões só pecam pela “língua”. Sempre ouvi dizer que “pela a boca, morre o peixe” e penso que esse seja o maior defeito do Sporting, porque, de resto, fora polémicas e bocas, têm todo um potencial para vencer muito mais do que têm vencido.

Anterior1 de 3Próximo

Comentários