26 de Maio de 2004, Gelsenkirchen. A data e o lugar que vão marcar para sempre os adeptos, os jogadores, e toda a nação portista. O auge do futebol, o principal palco europeu e o título mais importante de clubes foi conquistado pelos dragões há 14 anos. Um ano marcado pelo percurso fabuloso coroado com uma conquista incomparável a qualquer feito conquistado por outro clube português.

Com um plantel de excelência, e realce-se, sem grandes recursos financeiros, mas com harmonia, confiança, e espírito de grupo notório, num plantel que é por muitos considerado a melhor equipa de sempre dos azuis e brancos.

Grandes jogadores como Vítor Baía, Deco, Ricardo Carvalho, Costinha, Derlei, foram alguns dos principais responsáveis pela conquista conduzida por José Mourinho que derrotou o AS Mónaco de Morientes, Evra e Cissé, por 3-0 com golos de Carlos Alberto, Deco e Alenichev.

A equipa que no ano anterior tinha também conquistado a taça UEFA, ganhou motivação extra após um dos momentos mais carismáticos do clube, com o golo de Costinha em Old Trafford já nos descontos, que permitiu aos dragões passarem aos quartos-de-final da prova europeia e posteriormente a passagem à final com a vitória frente ao Deportivo da Corunha no mítico Municipal de Riazor, equipa que até então não tinha sofrido qualquer golo em casa.

No final de tudo, o AS Mónaco foi o adversário improvável em Gelsenkirchen
Fonte: FC Porto

A noite mágica de Gelsenkirchen jamais será esquecida no espírito portista, não só pelas baixas probabilidades de um clube português conseguir este feito, como também a exibição fantástica que arrasou por completo as esperanças dos monegascos conquistarem o principal troféu europeu.

Passado mais de uma década, estará certamente no coração de todos os portistas uma noite mágica, com sentimentos inesquecíveis que levaram o FC Porto a um coroar de final de época que será certamente difícil de repetir. A Europa passou de sonho a realidade, Gelsenkirchen marcará sempre como o maior feito de um clube português até aos dias de hoje.

Foto de Capa: FC Porto

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários