O Sporting Clube de Portugal conheceu hoje o capítulo mais negro, diria, de toda a sua história. A Academia de Alcochete foi invadida por um bando de selvagens, aparentemente das claques, e que espalharam o terror na secção do futebol profissional.

Os jogadores, equipa técnica e staff foram barbaramente agredidos por cerca de cinquenta elementos que tinham acabado de invadir a Academia leonina. O Sporting Clube de Portugal não pode pactuar com isto e, mais do que o comunicado que já foi tornado público, tem de irradiar os adeptos que fizeram isto e dar todas as condições aos elementos agredidos.

Esta é uma situação absolutamente vergonhosa e que merece uma enérgica reação de Bruno de Carvalho. Se tem razão em algumas das críticas que fez à equipa técnica e aos jogadores, tem agora de estar do lado dos mesmos e defendê-los até às últimas consequências. Os responsáveis por isto terão de ser irradiados do futebol e presos durante muito tempo. O Sporting Clube de Portugal tem de ir até às últimas consequências para descobrir todos os responsáveis por isto.

O dia mais negro da história do Sporting foi protagonizado por uma minoria que tem de ser irradiada
Fonte: Sporting Clube de Portugal

Se se confirmar que as claques são responsáveis por esta vergonha, considero que o apoio às mesmas deveria ser extinto no imediato e esses elementos deveriam ser presos e posteriormente proibidos de entrar em qualquer recinto desportivo no futuro.

Exige-se que Bruno de Carvalho seja, hoje mais do que nunca, o presidente do Sporting Clube de Portugal e, como já disse, irradie de imediato todos os selvagens que deixaram esta ferida enorme no clube. Isto não é o Sporting que todos nós amamos, nem é o clube ao qual tanto elogiamos os valores de que não abdica. É absolutamente inenarrável o que aconteceu, e é hora de todos nós colocarmos a mão na consciência, desde o presidente até aos meros simpatizantes. Uma Academia como a do Sporting não pode estar à mercê de ataques destes e a segurança tem de ser máxima daqui para a frente.

O Sporting não pode ser isto e todo o corpo dirigente tem de estar consciente dos gravíssimos danos que este ato surreal pode causar na história de um clube centenário como o nosso. Domingo há um jogo onde todos os adeptos terão de apoiar os jogadores e, daqui para a frente, toda a gente tem de estar em sentido no clube de Alvalade. O caos chegou a Alvalade e parece estar muito longe de desaparecer. Nunca mais se poderá repetir um ato como este.

Foto de Capa: Sporting Clube de Portugal

artigo revisto por: Ana Ferreira

Comentários

Artigo anteriorJogo Limpo: Análise à 34ª jornada da Primeira Liga
Próximo artigoOs Momentos da Época do FC Porto
Apaixonado por futebol, antes dos livros da escola primária já lia jornais desportivos. Seja nas tardes intermináveis a jogar, nas horas passadas no FIFA ou a ver jogos, o futebol está sempre presente. Snooker, futsal e andebol são outras paixões. Em Portugal torce pelo Sporting; lá fora é o Barcelona que lhe enche as medidas. Também sonha ver o Farense de volta à primeira…                                                                                                                                                 O Diogo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.