Anterior1 de 3Próximo

Depois de SL Benfica e FC Porto entrarem em campo na Primeira Liga, foi a vez do Sporting CP se estrear na 85ª edição do Campeonato. O primeiro adversário foi o Moreirense FC, numa partida realizada no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

No início de mais uma temporada, ambas as equipas entraram em campo com o objetivo de realizar uma época tranquila, principalmente do lado dos leões, que procuram ultrapassar a fase atribulada dos últimos meses.

No primeiro teste para ambas as equipas, a formação da casa apresentou cinco reforços no onze inicial, enquanto José Peseiro chamou Petrovic e Salin, que substituiu o lesionado Viviano.

A primeira parte abriu com o golo da equipa da casa, ao minuto 6. Na primeira oportunidade do Moreirense FC, João Aurélio cruzou na direita para Heriberto Tavares, que não teve dificuldades em bater Salin.

A vantagem do conjunto de Ivo Vieira fez com que os leões fossem à procura do empate. O tento e alguns protestos com o árbitro causaram dificuldades ao Sporting CP, que conseguiu igualar o resultado passados 10 minutos. Ristovski trabalhou na direita e assistiu para Bruno Fernandes que, com toda a passividade, rematou cruzado para o fundo das redes de Jhonatan.

O empate devolveu alegria aos sportinguistas, que causaram mais três oportunidades de perigo, com um livre à figura de Bruno Fernandes (18’) e dois cabeceamentos de Bas Dost (24’ e 36’). A formação da casa respondeu com um cruzamento direcionado de João Aurélio (25’), defendido por Salin.

Após os golos e lances de parte a parte, o rumo da partida serenou, com as equipas a manterem o objetivo de desfazer o resultado.

Ainda na primeira parte, destaque para os seis cartões amarelos mostrados por Tiago Martins, como ponto mais negativo dos primeiros 45 minutos.

A segunda parte retomou com o Moreirense FC a criar mais oportunidades, mas nenhuma sem sucesso. Ao minuto 50, Bruno Fernandes fica na cara de Jhonatan, mas não consegue bater o guardião numa jogada individual.

O Moreirense FC respondeu com um cruzamento traiçoeiro de Heriberto (67’) e um tiro de Bilel (68’), para defesa apertada de Salin.

Bas Dost mostrou alta eficácia, com dois golos importantes
Fonte: Sporting CP

Quando o resultado dava a entender um empate, Heriberto Tavares cometeu falta sobre o recém-entrado Jovane Cabral. O árbitro não hesitou em marcar penalti. Na conversão, Bas Dost foi decisivo e fixou o resultado em 1-2.

Até ao fim, o Sporting CP lutou para manter o resultado favorável e conseguiu, inclusive, aumentar a vantagem, de novo por Bas Dost, com um toque de classe perante Jhonatan, que sentenciou o resultado final em 1-3.

Vitória justa, mas sofrida do Sporting CP. Apesar da derrota, o conjunto de Ivo Vieira não ficou mal na fotografia e impressionou, sobretudo, com uma boa exibição, perante a superioridade evidente dos leões, que entram a vencer na temporada 2018/2019.

Onzes Iniciais

Moreirense FC: Jhonatan; João Aurélio, Iago Santos, Aberhoun e Rúben Lima; Loum (Alan Schons 75’), Pedro Nuno (Nenê 80’), Ângelo Neto (Arsénio 80’) e Chiquinho; Heriberto Tavares e Bilel Aouacheria

Sporting CP: Salin; Ristovski, Coates, Mathieu e Jefferson; Petrovic, Battaglia, Bruno Fernandes, Acuña (Jovane Cabral 69’) e Nani (Raphinha 70’); Bas Dost

Foto de Capa: Sporting CP

Anterior1 de 3Próximo

Comentários